Em noite de Adriano, Fla bate Sport e se aproxima do G-4

Diante da fase ruim do adversário, o Flamengo entrou em campo com gás tota

Em uma de suas melhores atuações desde que retornou à Gávea, Adriano fez o que quis na vitória do Flamengo sobre o Sport, neste sábado, por 3 a 0. Com dois gols do atacante e outro de Zé Roberto no Estádio do Maracanã, a equipe carioca também pôde se aproximar do G-4 do Campeonato Brasileiro e passar a sonhar com voos maiores na competição.



Sem perder há três jogos, o Flamengo agora soma 34 pontos e está a cinco do Goiás, que hoje fecha a zona de classificação à Libertadores do ano que vem. Já a situação do Sport é dramática: a equipe pernambucana tem 20 pontos e é a vice-lanterna da Série A, três pontos acima do Fluminense.

Diante da fase ruim do adversário, o Flamengo entrou em campo com gás total e, ajudado pela inspiração de Adriano, abriu o placar logo aos 2min. No lance do gol, o camisa 10 rubro-negro recebeu de Petkovic, rolou para o pé esquerdo e acertou o ângulo direito do arqueiro Magrão. Um golaço.

Empolgado, Adriano ainda protagonizou outros bons lances para o Flamengo, como aos 17min, quando ele dominou a bola no peito, acertou um voleio e por pouco não ampliou o marcador. Ou aos 25min, quando ele deixou Denis Marques cara a cara com Magrão, mas viu o colega perder o gol.

Ainda no primeiro tempo, porém, o Flamengo fez seu segundo gol diante do Sport. Aos 31min, em um rápido contra-ataque, Petkovic tocou para Zé Roberto e o meia chutou cruzado para marcar e minimizar os acontecimentos da última sexta-feira: ele e Lenon brigaram em um treino e abalaram o clima na Gávea.

No segundo tempo, o goleiro Magrão interveio por diversas vezes e salvou o Sport de um vexame no Maracanã. O que ele não impediu foi o segundo gol de Adriano no jogo, aos 44min, que o deixou na artilharia isolada da Série A, com 12 tentos.

No próximo domingo, o Flamengo volta a campo pelo Campeonato Brasileiro para encarar o Coritiba, às 18h30 (de Brasília), novamente no Maracanã. Já o Sport pega o Atlético-PR um dia antes, também às 18h30, na Arena da Baixada.

Ficha técnica:

Gols

Flamengo: Adriano, aos 2min do 1º tempo e aos 44min do 2º tempo, e Zé Roberto, aos 31min do 1º tempo

Sport: -

Polêmicas

- Na véspera da partida, os flamenguistas Lenon e Zé Roberto brigaram no treino e causaram um alvoroço na Gávea. Já neste sábado, o segundo foi escalado como titular por Andrade

- Aos 9min do primeiro tempo, Leonardo Moura invadiu a área e caiu pedindo pênalti na chegada de Dutra, mas o árbitro mandou o seguir o jogo

Ponto Forte do Flamengo

Atuação inspirada de Adriano e avanços com Léo Moura e Petkovic

Ponto Forte do Sport

Defesas de Magrão, que impediu uma goleada do Flamengo

Ponto Fraco do Flamengo

Gols perdidos por Denis Marques

Ponto Fraco do Sport

Espaço dado pelos zagueiros aos meias e atacantes flamenguistas

Personagem do jogo

Adriano, que voltou da Seleção inspirado

Esquema Tático Flamengo

4-4-2

Bruno; Léo Moura, Álvaro, Ronaldo Angelim e Éverton; Airton, Maldonado, Zé Roberto (Bruno Mezenga) e Petkovic; Denis Marques (Fierro) e Adriano. Técnico: Andrade

Esquema Tático Sport

4-4-2

Magrão; Élder Granja, Durval, Juliano e Dutra; Zé Antônio, Hamilton, Fabiano e Paulinho (Adriano); Arce (César Lucena) e Wilson. Técnico: Péricles Chamusca

Cartões Amarelos

Flamengo: Léo Moura e Zé Roberto

Sport: Dutra

Cartões Vermelhos

Flamengo: -

Sport: Durval

Árbitro

André Luiz de Freitas Castro

Fonte: Terra, www.terra.com.br