Em teste leve, Ronaldo faz gol e retorna contra Vitória

Em teste leve, Ronaldo faz gol e retorna contra Vitória

O técnico Adilson Batista acompanhou atentamente cada movimentação do atacante

Um gol, uma assistência e 25 participações. Assim foi Ronaldo no coletivo da manhã desta sexta-feira, contra os juniores (reforçados por Defederico e Souza). A atividade durou 52 minutos, terminou 5 a 0 para os reservas do Corinthians e definiu o retorno do atacante no duelo contra o Vitória, domingo. Além do Fenômeno, Danilo, Moacir e William Morais (2) completaram o placar.

O técnico Adilson Batista acompanhou atentamente cada movimentação do atacante. Afinal, o jogo-treino foi marcado exatamente para avaliar as condições de Ronaldo. O camisa 9 não entra em campo oficialmente desde o dia 9 de maio, quando o Timão venceu o Atlético-PR, na primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

- Ele joga. Eu vi uma melhora, uma dedicação. Conversei antes do treinamento, ele está se sentindo melhor e o trabalho foi proveitoso. Ele joga os primeiros 45 minutos da partida contra o Vitória - declarou o comandante da equipe alvinegra.

Durante a partida, o atacante teve pouca dificuldade. A marcação dos juniores foi fraca, tanto que ele teve bastante tempo para pensar e espaço para jogar. Sua participação foi intensa durante a atividade, especialmente porque os jogadores do seu time, sempre que possível, lhe passavam a bola.

Nesta sexta-feira, o Fenômeno iniciou sua participação dando a saída de bola. Mas somente com cinco minutos é que marcou presença ao dar um passe para direita. Depois, aos 10, ele recebeu passe de Edu, dominou e errou o toque para o lado. Dois minutos mais tarde apareceu na linha de fundo, gingou e cruzou. A zaga tirou.

À vontade, Ronaldo tentou aparecer mais no meio campo para armar as jogadas. Foi assim aos 14, quando dominou no círculo central e abriu o jogo. Mas foi aos 16 que ele mostrou sua força. O atacante recebeu bom passe na entrada da área e bateu de perna esquerda, sem chance para o goleiro: 1 a 0.

Dois minutos depois, outra participação importante. Ronaldo colocou Danilo na cara do gol e viu o meia fazer o segundo dos reservas do Timão. Daí para o fim do primeiro tempo, que durou 31 minutos, o Fenômeno arriscou uma arrancada, deu cruzamentos e alguns toques de lado. De importante, os gols de Moacir e Magrão.

William Magrão faria também o quinto gol dos reservas do Alvinegro, aos 21 minutos da etapa final, que durou exatamente isso. Nessa parte do coletivo, Ronaldo apresentou cansaço, mas mesmo assim, por conta da fraca marcação do adversário, conseguiu arriscar chutes, arrancadas e lançamentos.

Apesar de o teste ter sido leve, o Fenômeno mostrou que está melhor fisicamente em relação às últimas semanas, quando apareceu bem fora de forma.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com