Escalação de Pet pode custar o cargo de Andrade

Escalação de Pet pode custar o cargo de Andrade

Caso relacione Pet, Andrade pode sair mesmo com a classificação para a próxima fase da Libertadores

Numa reunião de quatro horas nesta segunda-feira, a alta cúpula do Flamengo decidiu manter Andrade no cargo pelo menos até o jogo decisivo de quarta-feira, contra o Caracas, pela Libertadores. Além da necessidade de vitória para conseguir a classificação e a permanência no comando, o técnico terá que se enquadrar na nova filosofia profissional exigida por Patrícia Amorim. E a primeira medida que Andrade terá de tomar é não escalar Petkovic, mesmo no banco. Caso insista em contar com o sérvio, o treinador poderá estar assinando sua carta de demissão.

Caso relacione Pet, Andrade pode sair mesmo com a classificação para a próxima fase da Libertadores. Os inúmeros problemas do gringo (principalmente ter abandonado o Maracanã no intervalo do jogo com o Fluminense na Taça Guanabara e a briga com Bruno) não foram tolerados pelo vice-presidente de futebol, Marcos Braz. O dirigente ficou extremamente contrariado com o fato de Andrade ter utilizado o sérvio na final com o Botafogo.

Participaram da reunião a presidente, Patrícia Amorim, o marido dela, Fernando Sihman, o vice-presidente, Hélio Ferraz, e Marcos Braz, responsável em dar declarações para a imprensa depois de todos almoçarem num restaurante em um shopping na Barra da Tijuca.

Celso Roth é cotado

Marcos Braz não esconde seu apreço pelo disciplinador Celso Roth, amigo do dirigente rubro-negro, cogitado para assumir caso Andrade deixe o cargo nos próximos dias.

Fonte: Terra