Espanhol ex-seleção de basquete tem ataque cardíaco em quadra

Treinador foi socorrido no ginásio nesta sexta e levado para hospital em Madri.

Antecessor de Rubén Magnano na seleção brasileira masculina de basquete, o técnico espanhol Moncho Monsalve sofreu um ataque cardíaco dentro da quadra, durante uma partida da equipe juvenil do Murcia nesta sexta-feira. Aos 67 anos, ele foi socorrido no ginásio onde sua equipe enfrentava o Torrejón no torneio amistoso Aristos, em Getafe. Levado às pressas para o hospital universitário da cidade, teve de ser transferido logo em seguida para a UTI do hospital Puerta del Hierro, em Madri. De acordo com a imprensa espanhola, o estado de Moncho é estável, mas ele terá de se submeter a vários exames neste sábado.


Espanhol ex-seleção de basquete tem ataque cardíaco em quadra

O técnico espanhol assumiu a seleção brasileira em 2008, no lugar de Lula Ferreira, que vinha de derrota no Pré-Olímpico de 2007. Foi a primeira experiência sólida da CBB com um treinador estrangeiro. Moncho conseguiu cadenciar mais o estilo da equipe na repescagem da classificação olímpica em Atenas, mas não levou o país aos Jogos de Pequim. Em 2009, comandou a equipe na Copa América de Porto Rico, e aí sim conquistou seu primeiro título, batendo os donos da casa na decisão.

Com problemas de saúde, Moncho passou por uma delicada cirurgia na coluna no fim de 2009. Nas negociações para renovar o contrato, pediu para ficar mais tempo na Espanha e menos no Brasil. Não houve acordo e, em janeiro de 2010, o treinador voltou para o seu país. A Confederação Brasileira de Basquete contratou Rubén Magnano, campeão olímpico em 2004, e o argentino está até hoje no comando da seleção masculina.

Como jogador, Moncho defendeu o Real Madrid como ala-pivô. Chegou a ganhar o apelido de "Trator", mas já naquela época sofria com problemas físicos. Por causa de um erro médico, adquiriu um problema grave no joelho direito no início dos anos 70 e foi obrigado a abreviar a carreira de atleta.

Fonte: GloboEsporte