Estádio Mané Garrincha vai passar por reforma por causa de goteiras; veja

De acordo com relato do portal UOL, as providências serão tomadas imediatamente.

SÃO PAULO - O Estádio Mané Garrincha vai passar por vistoria a pedido do governo do Distrito Federal. Tudo porque a cobertura da arena testada na Copa das Confederações, e que será usada no Mundial de 2014, apresentou nos últimos dias goteiras. Não era para isso acontecer, de acordo com os responsáveis da Secretaria Extraordinária da Copa no DF (Secopa-DF).


Estádio Mané Garrincha passará por vistoria por causa de goteiras
As goteiras molharam parte dos torcedores que estiveram no Mané Garrincha domingo para ver a decisão do Torneio Internacional de Brasília de Futebol Feminino, entre Brasil e Chile. A seleção brasileira ganhou por 5 a 0. De acordo com relato do portal UOL, as providências serão tomadas imediatamente. "A Secretaria vai solicitar ao consórcio que construiu o Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha relatório técnico sobre o que ocorreu em algumas áreas onde se verificou vazamento de água da cobertura após a forte chuva que castigou a cidade de Brasília durante toda a tarde deste domingo", informa comunicado da Secretaria Extraordinária da Copa no DF (Secopa-DF).

Estádio recém-erguido na capital do País, a construção tem cinco anos de garantias. O Mané Garrincha, de acordo com levantamento do Tribunal de Contas do DF, teve investimento de R$ 1,4 bilhão. Com a cobertura, que apresentou as goteiras, o gasto foi de R$ 209 milhões. Sete jogos da Copa do Mundo estão marcados para o estádio de Brasília.

Fonte: Estadão, www.estadao.com.br