Estádio vazio renderá multa a times no Campeonato Espanhol

Punição visa favorecer as transmissões de TV

Uma maquiagem para a televisão. Com esse objetivo, a organização do Campeonato Espanhol decidiu que a partir da edição 2016/2017, que começa na semana que vem, os clubes que não tiverem ocupação mínima de 75% das arquibancadas mostradas pela câmera principal de transmissão receberão uma multa.

O objetivo é pressionar os clubes a encherem o setor do estádio mais exibido pelas emissoras de televisão. Se a taxa de ocupação for inferior a 75%, a multa será em um valor inicial. Se for inferior a 50%, esse valor pode ser duplicado.

No entanto, nas demais áreas do estádio, o setor pode estar às moscas que o clube mandante não sofrerá nenhuma punição. O critério usado pela organização do Espanhol é o ângulo da câmera principal de transmissão, ressaltando o objetivo de fazer o estádio "parecer cheio", não efetivamente "estar cheio".

"A ocupação do estádio é parte da percepção audiovisual da partida. Em uma ótima transmissão televisiva, o estádio deverá parecer cheio", diz o regulamento do campeonato.

A regra da câmera principal só é anulada em caso de condições meteorológicas adversas. Ou seja, chuva e nevasca durante a partida "desobrigam" o clube a encher o principal setor mostrado pela TV.

Na última temporada, o Campeonato Espanhol teve a terceira maior média do mundo em presença de torcida nos estádios, com 28.191 pessoas por jogo. O campeonato líder nesse quesito foi o Alemão (média de 43.300), seguido pelo Inglês (36.452).

Setor central, exibido pela câmera principal, é alvo da polêmica regra (Crédito: Reprodução)
Setor central, exibido pela câmera principal, é alvo da polêmica regra (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Uol