"Estamos no fio da navalha", diz Cuca após goleada

A goleada sobre o Vitória deu um alívio ao elenco tricolor

Uma reação inacreditável. Desta forma, o técnico Cuca conduziu o Fluminense a uma sequência de vitórias que tirou o clube da zona de rebaixamento após quatro meses de sofrimento para a torcida. A goleada sobre o Vitória deu um alívio ao elenco tricolor e fez com que o Fluminense só dependa dele para acabar com o pesadelo da segunda divisão, na última rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Coritiba, no Couto Pereira.

"Chegamos vivos na última rodada. O que queríamos dentro do quadro que nos apresentava. Não sabemos o que vai acontecer. O certo é que vamos para o última rodada em busca do último resultado, que acontecendo vai nos livrar do rebaixamento. Estamos no limite, no fio da navalha. Cansados, com os adversários tendo um tempo maior para se preparar, mas o importante é que estamos com a cabeça boa. Vamos corrigir os erros necessários e jogar contra a LDU com inteligência e sem desespero para buscarmos o objetivo, que é o título", disse o treinador, já focado na final da Copa Sul-Americana, contra a equipe equatoriana, quarta-feira, no Maracanã.

Questionado sobre os seus méritos na reação, Cuca desconversou e se apoiou no dinamismo do futebol para responder.

"Vamos esperar acabar o campeonato. O futebol é dinâmico e não sabemos o que vai acontecer. No dia 7 falamos sobre isso. Agora é só trabalhar e falta uma semana ainda. Vamos enfrentar o Coritiba lá, que vem de duas goleadas e sei que a torcida deles não medirá esforços para ajudá-los", encerrou.

Fonte: Terra, www.terra.com.br