""Estou jogando menos e pior que em 2009"" e não mereço estar na Seleção, diz Ronaldo

""Estou jogando menos e pior que em 2009"" e não mereço estar na Seleção, diz Ronaldo

Nos 13 primeiros jogos da temporada, o número de gols do Fenômeno despencou pela metade.

Ronaldo admitiu que, pelo futebol apresentado em 2010, não merece estar na seleção brasileira que disputará a Copa do Mundo da África do Sul. Mais do que uma fria análise feita pelo próprio camisa 9, os números comprovam a queda brusca de rendimento em relação ao ano passado. Nos 13 primeiros jogos da temporada, o número de gols do Fenômeno despencou pela metade. Mesmo assim, ele mantém a projeção de anotar 30 até o encerramento do Campeonato Brasileiro.

- Eu continuo com essa meta, apesar de saber que não ganho sempre. É uma meta difícil que vou buscar porque sei que é difícil. Estou jogando menos e pior que no ano passado, mas a expectativa é melhorar para ser decisivo na Libertadores ? admite.

Em 2009, depois de um período de recondicionamento físico, Ronaldo balançou as redes dez vezes neste período, atingindo a média de 0,76 por confronto. Já em 2010, o aproveitamento caiu bastante. Com uma lesão muscular na coxa direita que o afastou de seis jogos logo no início do ano e complicou a chegada ao ápice, foram apenas cinco em 13 duelos, média de 0,38.

O Fenômeno foi também bem mais decisivo em jogos importantes. Na fase de classificação do Paulistão, o craque balançou as redes logo em seu segundo jogo, no empate por 1 a 1 contra o arquirrival Palmeiras, em Presidente Prudente. Nas semifinais, anotou outro diante do São Paulo, no triunfo que valeu a passagem à decisão frente ao Santos.

Nela, na Vila Belmiro, foi determinante ao fazer dois, abrindo a vantagem de 3 a 1, que acabou consumada no empate no Pacaembu. Além disso, foi determinante com outros dois na classificação sobre o Atlético-PR, em São Paulo, para as quartas de final da Copa do Brasil.

Desta vez, os números estão mais modestos. Foram gols contra Mirassol, Ituano e Rio Claro, pelo Paulistão. Na Libertadores, Ronaldo reagiu ao dar ao Timão a vitória sobre o Cerro Porteño-PAR, em Assunção, e marcando outro no triunfo contra o mesmo adversário por 2 a 1, na capital paulista.

Apesar da queda, Ronaldo mantém a meta de 30 gols no ano que estabeleceu em 2009. Na ocasião, ele esteve bem próximo de atingi-la. Foram 23 gols em 38 jogos. O craque acredita que sem a fratura na mão esquerda, que o afastou por dois meses, o número poderia ter sido alcançado.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com