Estratégia ousada dá vitória a Marcos Gomes em Interlagos

Apesar de todos os problemas do fim de semana, Cacá Bueno fez uma excelente corrida

Com uma estratégia ousada, com o pit stop no início da janela, Marcos Gomes venceu a quinta etapa da temporada 2009 da Stock Car, disputada neste domingo em Interlagos. Ele completou as 29 voltas da prova em 51m27s, e chegou 4s791 à frente de Luciano Burti, segundo colocado. Átila Abreu, 8s621 atrás de Gomes, completou o pódio.

É a quarta vitória do paulista em Interlagos. Marquinhos levou a melhor na última etapa de 2007 e nas duas primeiras de 2008 no circuito. O terceiro lugar de Átila Abreu ainda está sob investigação por causa do toque em Ricardo Maurício a três voltas do final. Os comissários esportivos estão julgando o caso.

Apesar de todos os problemas do fim de semana, Cacá Bueno fez uma excelente corrida de recuperação e chegou na quarta posição. O carioca, da equipe RBR WA Mattheis, assumiu a liderança do campeonato, graças aos maus resultados de Max Wilson, o 16º, antigo líder, e Valdeno Brito, em 17º, que era o segundo.

Em segundo no grid, Thiago Camilo teve problemas antes da largada

Na volta em que os pilotos levam os carros para o grid, a roda traseira esquerda do carro da Thiago Camilo se soltou no Laranjinha. O piloto teve que completar a volta com apenas três pneus. A equipe Vogel, no entanto, conseguiu resolver o problema antes da largada.

Na saída, Ricardo Maurício conseguiu se manter à frente, seguido por Thiago Camilo e Marcos Gomes. A largada não teve incidentes e todos os pilotos completaram a primeira volta. O piloto da Vogel, apesar do problema na roda, tinha um bom desempenho e ultrapassou Ricardinho na terceira volta, com uma bela manobra no fim da reta dos boxes.

Após esta ultrapassagem, os pilotos se estabilizaram nas posições e começaram a andar um pouco mais distantes uns dos outros. O único a fugir deste roteiro foi Nonô Figueiredo, que errou no fim da reta oposta e ficou atravessado na pista. Ele tocou em Popó Bueno e Cláudio Caparelli. Xandinho Negrão não conseguiu desviar e atingiu a lateral do carro da Pamplona"s.

O incidente provocou a entrada do safety car e juntou novamente todos os carros na pista. A relargada foi autorizada com nove voltas e Camilo teve problemas logo na Curva do Sol. Ele perdeu velocidade, com uma falha na mesma roda de antes da corrida e acabou atingido por Átila Abreu. Na confusão, Allam Khodair e Paulo Salustiano subiram para terceiro e quarto, mas o piloto da Full Time acabou ultrapassado no Bico de Pato, na mesma volta.

Estratégia ousada dá a liderança da corrida a Marcos Gomes

Os boxes foram abertos na 12ª volta. Marcos Gomes e Paulo Salustiano foram os dois primeiros a parar, logo na primeira passagem. Ricardo Maurício entrou na 13ª, mas a equipe RC teve problemas na troca dos pneus do lado direito do carro. Após as paradas dos ponteiros, Valdeno Brito, Ricardo Sperafico e Lico Kaesemodel assumiram as primeiras posições.

Com os últimos pit stops da prova, Marcos Gomes assumiu a liderança. Já Max Wilson teve problemas com o limitador de velocidade, que faz o carro andar em 50 km/h, e teve de fazer um drive through. Na 21ª volta, Allam Khodair teve problemas de freito e bateu no fim da reta oposta.

No fim da corrida, Átila Abreu se aproximou muito de Ricardo Maurício e começou a pressionar o atual campeão. O piloto da RC se mantia à frente com muita dificuldade, até a antepenúltima volta, quando foi atingido no meio do carro pelo rival, no Bico de Pato, e rodou. Ricardinho caiu para a sétima posição, enquanto Átila conseguiu o último lugar do pódio.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com