Estreante marca, Flamengo vira contra Atlético-GO e respira

Estreante marca, Flamengo vira contra Atlético-GO e respira

O Flamengo saiu atrás no placar, mas conseguiu a virada para vencer o Atlético-GO por 2 a 1

O Flamengo saiu atrás no placar, mas conseguiu a virada para vencer o Atlético-GO por 2 a 1, em pleno Serra Dourada, em Goiânia, em partida válida pela 26ª rodada do Brasileiro. Estreante, Cleber Santana fez o primeiro do Fla e Liedson marcou o segundo. Joílson anotou para os goianos. Assim, o time carioca quebrou um jejum de sete jogos sem vitória no Campeonato e se afasta cada vez mais da zona de rebaixamento, com 31 pontos, sete a mais do que o Sport, o primeiro na zona de degola. O Atlético-GO continua lanterna com 20 pontos.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo encara o Fluminense pelo clássico carioca, às 16h (de Brasília), no Engenhão. O Atlético-GO vai ao Recife para enfrentar o Náutico, às 18h30, no Estádio dos Aflitos.

As duas equipes iniciaram a partida em ritmo lento, de estudo do adversário. O Atlético-GO tocava a bola na zona de defesa e tentava encontrar a melhor maneira de atacar o rival carioca. Aos 10min de jogo o time goiano encontrou a brecha que queria e em boa jogada pela direita conseguiu abrir o placar. Marcos passou por Ramón, a bola sobrou para Diogo Campos cruzar e Joílson mandar para as redes. O Atlético-GO teve chance de ampliar o marcador pouco depois. Aos 15min, Patric carregou bem a bola e da entrada da grande área chutou forte para a defesa de Felipe, Joílson não aproveitou o rebote e mandou para fora.

O Flamengo também teve oportunidade de marcar, duas vezes. Primeiro Wellington Silva mandou uma bomba da intermediária para ótima defesa de Márcio, depois, em cobrança de escanteio, o goleiro do Atlético-GO falhou e Victor Cárceres chutou para o gol, mas Marcos evitou em cima da linha. O Flamengo cresceu no jogo e continuou em busca do empate, que saiu aos 35min. Em boa jogada, Cleber Santana tabelou com Vagner Love, recebeu na frente do gol e só teve o trabalho de empurrar para as redes, para decretar o empate na ida dos times para o intervalo.

No segundo tempo o jogo ficou sem lances de perigo porque as duas equipes tentavam as jogadas ofensivas, mas não conseguiam finalizar. O Flamengo apostava nas jogadas rápidas e o Atlético-GO nos contra ataques. Até que aos 16min saiu o primeiro chute a gol da etapa final, com Rayllan, que recebeu cruzamento de Watthimem, mas concluiu fraco para a defesa de Felipe.

O time da casa se animou com o lance e tentou partir para cima do rival, mas foi o Flamengo que aproveitou bem a primeira oportunidade que teve. Vagner Love brigou com o zagueiro da equipe goiana, roubou a bola e cruzou para Liedson fazer o primeiro dele com a camisa do Flamengo, aos 20min, para virar o placar no Serra Dourada.

Em desvantagem e jogando em casa, o Atlético-GO teve que tomar a iniciativa e atacar o Flamengo, mas a equipe não conseguia finalizar contra o gol adversário, exceto uma cabeçada fraca que Felipe defendeu com facilidade. O time carioca ainda teve oportunidade de ampliar o placar, quando o juiz marcou pênalti em cima de Bottinelli, aos 37min. O autor do primeiro gol do Flamengo Vagner Love bateu e Márcio defendeu. Vagner Love ainda perderia uma chance incrível ao receber cruzamento na frente do gol, sem goleiro e mandar para fora.

Ficha técnica

ATLÉTICO-GO 1 X 2 FLAMENGO

Gols

ATLÉTICO-GO: Joílson, aos 10min do 1º tempo

FLAMENGOCleber Santana, aos 35min do 1º tempo, e Liedson, aos 20min do 2º tempo

ATLÉTICO-GO: Márcio; Marcos, Gilson, Reniê e Eron (Alexandre Oliveira); Pituca, Ernandes, Dodô e Joílson (Rayllan); Diogo Campos (Watthimem) e Patric

Treinador: Artur Neto

FLAMENGO: Felipe; Wellington Silva, Frauches, Marcos Gonzáles (Bottinelli) e Ramón; Luis Antônio, Cárceres, Ibson (Amaral) e Adryan (Liedson); Cleber Santana e Vagner Love

Treinador: Mauro Fernandes

Cartões amarelos

ATLÉTICO-GODiogo Campos, Eron e Dodó

FLAMENGO:

Árbitro

Paulo César Oliveira (SP)

Local

Estádio Serra Dourada, Goiânia (GO)



Fonte: Terra