Portugal supera falhas de C. Ronaldo e vence Dinamarca

Portugal supera falhas de C. Ronaldo e vence Dinamarca

A partida começou com equilíbrio em Lviv, com as equipes dividindo bem a posse de bola

O mau desempenho de Cristiano Ronaldo no ataque de Portugal nesta quarta-feira quase custou a vitória da seleção lusitana, que precisava de um bom resultado na Eurocopa após estrear com derrota para a Alemanha. Diante da Dinamarca, na Arena Lviv, na Ucrânia, o principal astro português perdeu ao menos duas chances claras de gol. Mesmo assim, Portugal conseguiu um gol nos minutos finais e bateu os dinamarqueses por 3 a 2, depois de começar vencendo por 2 a 0 e ver o rival arrancar o empate.

Agora, Portugal e Dinamarca somam três pontos no Grupo B da Euro, considerado o mais difícil da competição. Na estreia, os dinamarqueses haviam vencido a Holanda por 1 a 0. Os alemães também têm a mesma pontuação, graças à vitória sobre os portugueses na primeira rodada. Para encerrar a participação na fase inicial do torneio, Portugal encara a Holanda no próximo domingo, às 15h45 (de Brasília). No mesmo dia e horário, a Dinamarca pega a Alemanha.

A partida começou com equilíbrio em Lviv, com as equipes dividindo bem a posse de bola, mas sem conseguirem chegar com perigo ao gol adversário. A partir dos 15min, Portugal então começou a esboçar mais atitude, e logo foi premiado. Aos 24min, Moutinho cobrou escanteio na cabeça do brasileiro naturalizado Pepe, que cabeceou firme na primeira trave. Pouco depois, aos 36min, foi a vez de Helder Postiga ampliar, ao escorar o passe preciso de Nani, já quase na pequena área.

Em vantagem no marcador, era esperado que Portugal controlasse bem o jogo no final do primeiro tempo. No entanto, foi a Dinamarca que partiu para a pressão, sem se abater com o placar adverso. Aos 41min, Bendtner aproveitou o passe de cabeça providencial de Kronh-Dehli, após cruzamento de Jacobsen, e também testou firme para diminuir a desvantagem dos dinamarqueses.

A pressão no final do primeiro já anunciava o que aconteceria na segunda etapa, quando a Dinamarca se beneficiou das chances perdidas por Cristiano Ronaldo para buscar o empate. Depois de já ter perdido uma oportunidade clara no início do segundo tempo, parando no goleiro Stephan Andersen, o astro do Real Madrid voltou a falhar ao arrematar para fora na cara do gol dinamarquês, aos 32min. O troco veio na sequência.

Aos 35min, o jogo pegou fogo com o segundo gol de Bendtner. Em mais um cruzamento de Jacobsen, o centroavante do Sunderland deixou tudo igual no placar, parecendo frustrar a vitória dos portugueses. Mas os lusitanos tinham Varela, que entrou logo após no lugar de Raul Meireles. Já aos 42min, ele recebeu na área, furou na primeira tentativa, mas acertou um chute forte na segunda, mantendo Portugal vivo na Euro.

Ficha técnica

DINAMARCA 2 x 3 PORTUGAL

Gols

DINAMARCA:

Bendtner, aos 41min do 1º tempo e aos 35min do 2º tempo

PORTUGAL:

Pepe, aos 24min, e Postiga, aos 36min do 1º tempo, e Varela, aos 42min do 2º tempo

DINAMARCA: Andersen; Jacobsen, Kjaer, Agger e Simon Poulsen; Zimling (Jakob Poulsen), Kvist, Rommedahl (Milkkesen), Eriksen e Krohn-Dehli (Schone); Bendtner

Treinador: Morten Olsen

PORTUGAL: Rui Patrício; João Pereira, Pepe, Bruno Alves e Fábio Coentrão; Miguel Veloso, Rául Meireles (Varela) e Joao Moutinho; Nani (Rolando), Hélder Postiga (Nelson Oliveira) e Cristiano Ronaldo

Treinador: Paulo Bento

Cartões amarelos

DINAMARCA: Jakob Poulsen e Jacobsen

PORTUGAL: Raul Meireles e Cristiano Ronaldo

Árbitro

Craig Thomson (Escócia)

Local

Arena Lviv, em Lviv (Ucrânia)

Fonte: Terra