Ex-atacante piauiense sofre convulsão e permanece internado em UTI

Leonardo passou por uma bateria de exames de imagem.

O ex-atacante Leonardo Pereira da Silva, de 41 anos, está em coma induzido desde a noite da última segunda-feira (8) na área vermelha do Hospital da Restauração (HR), destinada a pacientes graves. O ex-jogador apresenta uma lesão cerebral expansiva. O terceiro maior artilheiro da história do Sport foi internado no dia 3, após sofrer uma convulsão, e no fim de semana apresentou uma piora em seu quadro clínico.

Ex-atacante (Crédito: Divulgação)
Ex-atacante (Crédito: Divulgação)


Desde que deu entrada no HR, Leonardo passou por uma bateria de exames de imagem. Segundo a assessoria de imprensa do HR, os resultados apontaram uma lesão cerebral expansiva. O que até agora os médicos não falaram é qual seria a causa do problema.

Existe uma suspeita de que possa ser uma neurocisticercose, doença oriunda da ingestão de carne de porco mal tratada.

Revelado nas categorias de base da Sociedade Esportiva de Picos, Leonardo foi campeão piauiense em 1991 defendendo a equipe picoense. Depois se transferiu para o Sport Recife, sagrando-se como o terceiro maior artilheiro da história do clube.

Antes de ingressar no futebol profissional, Leonardo atuou na seleção de Picos ao lado do irmão Joselito e do primo Natinho, e juntos conquistaram o Torneio Intermunicipal em 1990.

Depois de se destacar no futebol piauiense passou pelos principais clubes do futebol brasileiro dentre os quais o Sport Recife, Vasco, Corinthians, Palmeiras, Cruzeiro. Foi o primeiro piauiense a ser convocado para seleção brasileira, tendo jogado várias partidas pelo escrete canarinho no Torneio de Toulon na França.

Fonte: Com informações do Jornal de Picos