Ex-Corinthians foge da polícia em seu carrão e pode até ficar preso

Ex-Corinthians foge da polícia em seu carrão e pode até ficar preso

Segundo tabloide "The Sun", lateral-esquerdo do Arsenal teria andado a 209 km/h com o seu Maserati GranTurismo.

O lateral-esquerdo André Santos estampa a capa de um dos jornais mais populares da Inglaterra nesta quarta-feira não pelo seu futebol. Segundo o tabloide "The Sun", o jogador brasileiro foi detido pela polícia após uma perseguição de carros na véspera da estreia do Arsenal no Campeonato Inglês, ou seja, na última sexta-feira, próximo ao Centro de Treinamento do clube, em Colney. Ele ficou no banco de reservas no empate sem gols com o Sunderland, sábado, no Emirates Stadium.

De acordo com a publicação, André Santos, de 29 anos, teria se recusado a parar o veículo na primeira tentativa e atingiu até 209 km/h com o seu Maserati GranTurismo, que custa cerca de 110 mil libras (R$ 350 mil na cotação atual).

- Dois carros de polícia estavam lá e dois ou três policiais estavam falando com o motorista - contou uma testemunha ao jornal.

Ainda segundo o tabloide, o ex-jogador da seleção brasileira poderá até ser preso por dois anos se o caso for à corte e ele for apontado culpado, além de perder a carteira de motorista e receber uma multa pesada.

Na última terça, dias após o ocorrido, ele teria sido visto deixando o CT dos Gunners na parte traseira de uma BMW. A polícia seguiu André porque ele supostamente dirigia de modo instável por vários quilômetros.

- A alegação é que ele estava dirigindo em até 130 milhas por hora (209 km/h). Novas investigações estão em andamento para verificar a velocidade usando câmeras da polícia e equipamento técnico - disse uma fonte.

Fonte: GloboEsporte