Ex-jogador comete suicídio

Tatá, que atuou no interior do futebol paulista, matou a ex-namorada e se matou em seguida

O ex-jogador de futebol Tatá, com passagens por Ferroviária, Matonense, Lemense ? todos do interior paulista ?, assassinou a namorada e depois cometeu suicídio na região de Araraquara, interior de São Paulo.

O corpo de Luiz Gonzaga da Silva, o Tatá, 33 anos, e da a ex-namorada, a agente de saúde Daise Ferreira, 22 anos, foram encontrados por trabalhadores rurais dentro de um carro em um canavial às margens da Rodovia Nelson Barbieri, entre Araraquara e Gavião Peixoto.

Os dois estavam desaparecidos desde o dia 21 de dezembro. O relato preliminar da perícia indica que Tatá teria dado três tiros na cabeça da ex-namorada e, depois, se matado. Eles foram vistos pela última vez em uma festa de final de ano.

O motivo do crime foi a separação. Tatá, que pendurou as chuteiras há oito anos e trabalhava como monitor de esportes na Prefeitura de Gavião Peixoto, não aceitou o fim do relacionamento de um ano e, deprimido, tirou a vida da ex-companheira e a sua.

Fonte: AE