Ex-jogador do Flamengo de 79 anos agoniza em hospital e pode ter que amputar a perna

Ex-jogador do Flamengo de 79 anos agoniza em hospital e pode ter que amputar a perna

O Flamengo enviou um representante nesta terça-feira ao hospital para tentar realocar Jordan

Quarto jogador que mais vestiu a camisa do Flamengo, com 608 jogos, apenas atrás de Junior, Zico e Adílio, o ex-lateral Jordan está internado no Hospital Salgado Filho com complicações decorrentes de uma diabetes, e pode ter que amputar a perna.

Por falta de vaga no Centro de Tratamento Intensivo da unidade hospitalar, o ex-jogador, considerado um dos maiores marcadores de Garrincha, não pode ser submetido a uma cirurgia devido ao quadro de gravidade.

O Flamengo enviou um representante nesta terça-feira ao hospital para tentar realocar Jordan, que tem 79 anos, e gozava de uma boa saúde até o mês de janeiro, como conta sua filha, Gabriela.

- A diabetes foi descoberta agora. Meu pai nunca gostou de frequentar médicos, só arrastado. Teve um probleminha na perna, começou a não se sentir bem, e encaminhamos ele para um posto aqui em Del Castilho. Fazendo exames descobriu problema cardíaco, diabetes, mas até meados de janeiro estava muito bem, andando, falante, normal. Nunca foi de reclamar de nada. Parecia bem, mas não estava - disse Gabriela.

Jordan aguarda vaga na CTI para ser transferido e poder fazer a cirurgia. Segundo a filha, os médicos dão como certo o amputamento de uma das pernas.

- Ele está com problema vascular, ainda não conseguiu fazer cirurgia porque o quadro não está bom. Estão tentanbdo vaga no CTI mas não estão conseguindo. Um diretor do Flamengo está indo no hospital conversar com os médicos para ver o quadro dele e ver o que pode ser feito para acelerar isso. Os médicos informaram que a amputação é certa. Ele fica medicado o dia inteiro, falando com dificuldades. Está sentindo muita dor no peito e na perna - explicou Gabriela, que disponibilizou o seu telefone para quem quiser ajudar:

7805 6853

Como volante e lateral-esquerdo jogou de 1952 até 1963 no Flamengo, marcando 3 gols. Antes de chegar à Gávea, jogou pelo São Cristóvão. Nunca foi expulso.

Fonte: Extra, extra.globo.com