Ex-palmeirense é condenado por xingar adversário de "macaco"

A condenação é referente ao incidente entre Danilo, então jogador do Palmeiras, e Manoel, zagueiro do Atlético-PR

O zagueiro Danilo, ex-Palmeiras e atualmente na Udinese (Itália), foi condenado nesta terça-feira pela prática do crime de injúria qualificada. A informação foi divulgada em nota oficial pelo Atlético-PR, que movia uma ação contra o atleta na 18ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Segundo a decisão da juíza Teresa de Almeida Ribeiro Magalhães, o defensor foi condenado a um ano de prisão em regime aberto ? pena, no entanto, substituído a uma multa de quinhentos salários mínimos a uma instituição social. A magistrada ainda estabeleceu punição de dez dias-multa, sendo que cada dia-multa foi fixado no equivalente a quatro salários mínimos.

A condenação é referente ao incidente entre Danilo, então jogador do Palmeiras, e Manoel, zagueiro do Atlético-PR, no duelo entre as duas equipes pelas oitavas de final da Copa do Brasil de 2010. Na ocasião, Danilo teria chamado Manoel de ?macaco? e cuspido no rosto do rival, que revidou com um pisão.

Irritada, a diretoria do Atlético-PR deixou o Estádio Palestra Itália após a partida e prestou queixa em uma delegacia de São Paulo. A diretoria do Palmeiras negou a ofensa, mas admitiu a cusparada na ocasião. De acordo com a própria nota emitida nesta terça-feira pelo Atlético-PR, a decisão ainda admite recurso.



Fonte: Terra