Ex-tricampeão mundial de boxe leva tiro no rosto em emboscada

Ex-tricampeão mundial de boxe leva tiro no rosto em emboscada

Crime aconteceu na madrugada desta quarta, em San Juan, em Porto Rico.

Um dos maiores nomes do boxe mundial, o portorriquenho Hector ?Macho? Camacho levou um tiro no rosto durante a madrugada desta quarta-feira, em San Juan, capital de Porto Rico. Segundo informações da agência "AP", o ex-tricampeão mundial teria sido vítima de uma emboscada e foi internado em estado grave. Um acompanhante, ainda desconhecido, morreu no atentado.

Camacho, de 50 anos, foi abordado quando entrava em um veículo. O criminoso fez os disparos e fugiu do local, permanecendo foragido.

Ainda de acordo com a agência de notícias, a bala atingiu a mandíbula do ex-boxeador, saiu pela cabeça e se alojou no ombro direito. Camacho ainda sofreu fraturas em duas vértebras e corre risco de ficar paralítico, segundo relato do doutor Ernesto Torres, do Hospital Centro Medico, em San Juan.

Marcado pelo talento e também pela controvérsia, o ex-atleta chegou a ser detido em abril deste ano por ter agredito um de seus filhos na casa de sua ex-mulher, sendo liberado após pagar fiança de US$ 5.000 (R$ 10, 4 mil).

Hector "Macho" Camacho teve uma carreira de sucesso, somando 79 vitórias, seis derrotas e três empates. O polêmico boxeador, que também enfrentou problemas com álcool e drogas, foi campeão dos pesos super leve, leve e meio-médio júnior, encerrando sua trajetória desportiva em 2010.

Fonte: GloboEsporte