Ex-zagueiro afirma que racismo o impediu de ser capitão de seleção

Ex-zagueiro afirma que racismo o impediu de ser capitão de seleção

Campbell, de 39 anos, nasceu no leste de Londres e seus pais são jamaicanos

O ex-zagueiro da seleção inglesa Sol Campbell acredita que teria sido capitão do time por mais de dez anos se fosse branco, de acordo com trechos de sua biografia que o jornal "The Sunday Times" publica.

Campbell, de 39 anos, nasceu no leste de Londres e seus pais são jamaicanos. Ele afirma que a federação de futebol inglesa não queria ter um rosto negro liderando a seleção regularmente. A federação se recusou a comentar as declarações.

"Não acho que isso vai mudar, porque eles [da federação] não querem, e provavelmente a maioria dos torcedores tampouco quer", disse Campbell, em trecho de sua biografia.

"Tudo bem ter capitães negros e mistura de raças nas equipes sub-18 e sub-21, mas não na seleção principal."

Ex-zagueiro do Tottenham e do Arsenal, Campbell foi convocado 73 vezes e foi capitão da Inglaterra somente três vezes.

Fonte: Folha