Exagero da torcida pode prejudicar Palmeiras em 2011

Arremesso de copos contra Deola foi relatado pelo árbitro do jogo contra o Fluminense.

Parte da torcida do Palmeiras que compareceu ao jogo contra o Fluminense, no último domingo (28), pode ter prejudicado o time alviverde na Copa do Brasil 2011. Empolgados com os pedidos para o Verdão entregar o jogo para a equipe carioca, visando atrapalhar o rival Corinthians, alguns torcedores arremessaram copos de água mineral em direção ao goleiro Deola, que fazia boa partida. A atitude foi relatada pelo árbitro da partida e pode render punição ao clube na próxima competição nacional.

A diretoria do Palmeiras parece conformada com o possível ?gancho?. Segundo Antônio Carlos Corcione, assessor da presidência que também atua na área jurídica do clube, as chances de um novo julgamento realmente existem.

- Se o árbitro [Wilton Pereira Sampaio, do Distrito Federal] colocou tudo na súmula, haverá um julgamento e podemos tomar uma nova suspensão lá na frente. Essa é a realidade, não há como esconder.

E a situação do Alviverde pode ficar ainda pior. O clube já está sob efeito suspensivo da perda do mando de duas partidas também em função de problemas causados por seus torcedores no clássico contra o Corinthians. O Palmeiras aguarda um novo julgamento do caso. Inicialmente, o Verdão cumpriu apenas um jogo fora da capital paulista - enfrentou o Atlético-MG na cidade de Araraquara.

Veja o trecho da súmula de Wilton Sampaio (DF):

"Aos 15 minutos do 1º tempo, a partida foi paralisada em virtude da torcida do Palmeiras, localizada atrás da meta defendida pelo goleiro do Palmeiras, ter arremessado alguns copos de água mineral para dentro do campo de jogo (área penal), no momento da cobrança de um tiro de canto a favor da equipe do Fluminense. Sendo solicitada a presença do policiamento para providências necessárias, tal atitude não se repetiu. Vale ressaltar que os copos arremessados não atingiram nenhum atleta e estes foram retirados pelos atletas."

Fonte: R7, www.r7.com