Expulso, Neymar dispara contra arbitragem: "está ficando chato"

"Eu sou visado, acho que esse é o problema"", disse o atacante

Com apenas sete minutos de segundo tempo jogados no Estádio Olímpico, o atacante Neymar se envolveu em uma dividida com o gremista Pará e acabou pisando no adversário, sendo expulso de campo. Mesmo sem contar com seu principal jogador, o Santos conseguiu arrancar o empate por 1 a 1 fora de casa, resultado que deixou o capitão alvinegro satisfeito.


Expulso, Neymar dispara contra arbitragem:

"O time foi brilhante no final do jogo, mesmo com um jogador a menos. É um empate importante", resumiu Neymar, que deixou as críticas só para a arbitragem. Antes de ser expulso e passar a faixa de capitão para Durval, o santista reclamou de um lance em que arrancou com a bola dominada da intermediária, sofreu faltas, mas se manteve em pé.

Logo após o complemento do lance, Neymar reclamou com veemência ao árbitro e levou o cartão amarelo. "Tem que ter um bom senso. Eu não falei com ele (o árbitro Neilson Nogueira Dias) o jogo inteiro, só conversei sobre esse lance. Futebol é dentro de campo e o juiz não pode virar o rosto para o jogador.

Estavam me batendo desde trás e eu falei para ele: "estou ficando em pé, você pode dar vantagem, mas tem que punir depois." Aí ele me deu o amarelo", contou.

"Eu sou visado, acho que esse é o problema. Está ficando chata essa coisa, e o Muricy é inteligente, sabe que está sendo exagerado", encerrou Neymar, relembrando as declarações do comandante durante a semana, quando disse que o atleta era perseguido pela arbitragem no futebol brasileiro.

Adriano leva terceiro cartão amarelo

Além de Neymar, o Santos não terá o volante Adriano na próxima partida, quando recebe o Inter na Vila Belmiro. Por falta em Kleber aos 27min do primeiro tempo, o santista levou o terceiro cartão amarelo e está suspenso para o confronto válido pela 28ª rodada.

Fonte: Terra