F1: Promotor do GP do Bahrein anuncia cancelamento da prova

F1: Promotor do GP do Bahrein anuncia cancelamento da prova

Insegurança e instabilidade política são causas para desistência

O promotor do GP do Bahrein anunciou o cancelamento da abertura da temporada, que seria disputada no dia 13 de março em Sakhir. Segundo a direção do Circuito Internacional do Bahrein, a decisão se dá por causa da instabilidade política no país árabe, que viveu uma onda de protestos nesta semana. Ainda não foi anunciado se o GP será transferida para outra data nesta temporada. Além disso, os testes coletivos, entre os dias 3 e 6 de março, também foram cancelados.

Com isso, a abertura da temporada 2011 da Fórmula 1 será no GP da Austrália, em Melbourne, marcado para o dia 27 de março. O país árabe vive uma série de protestos e a repressão da polícia aos manifestantes matou três pessoas na última quinta-feira e deixou muitos feridos na capital Manama. As atividades da GP2 Ásia no fim de semana passado foram canceladas porque os médicos da categoria foram chamados pelos hospitais para ajudar no atendimento.

- É triste que o Bahrein tenha de desistir da realização da corrida. Desejamos tudo de bom ao país e que o príncipe possa reunir seu país - lamenta Bernie Ecclestone.

A imprensa inglesa especula que o GP do Bahrein pode ser transferido para o dia 20 de novembro, em uma dobradinha com o GP de Abu Dhabi. Com isso, o GP do Brasil, última etapa da temporada 2011, marcado para o dia 27 de novembro, pode ser transferido para o dia 4 de dezembro.

Salman bin Hamad bin Isa Al-Khalifa, príncipe do Bahrein, ligou para Bernie Ecclestone, chefe comercial da Fórmula 1, para informar a decisão de desistir de realizar a abertura da temporada.

- Sentimos que era importante para o país que nos concentrássemos nas questões imediatas de interesse nacional. A prioridade do Bahrein é na tragédia atual, curando as divisões e redescobrindo a malha que mantém nosso país unido. Precisamos lembrar o mundo do nosso melhor e que somos capazes de permanecer juntos - diz o príncipe.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com