Luís Fabiano pede "vergonha na cara" para colegas do São Paulo

Luís Fabiano pede "vergonha na cara" para colegas do São Paulo

"É nosso dever, temos de ter vergonha na cara e vamos buscar a Copa do Brasil" enfatizou o atacante.

A decisão da diretoria do São Paulo de afastar o zagueiro Paulo Miranda do time deixou os jogadores tricolores chateados. Nenhum deles escondeu o descontentamento com a situação do colega. Mas o atrito pode dar uma motivação extra para os são-paulinos. Após a derrota por 1 a 0 contra a Ponte Preta, na quarta-feira, no Estádio Moisés Lucarelli, primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, o atacante Luis Fabiano se mostrou solidário ao colega e avisou: temos de vencer a competição.

? É triste ver um companheiro na situação do Paulo, e não é normal. Vê-lo sair, depois de concentrado, não é normal. Tentamos jogar para ele, mas no Morumbi será diferente. É nosso dever, temos de ter vergonha na cara e vamos buscar a Copa do Brasil ? enfatizou o atacante.

A competição é sonho de consumo dos são-paulinos. O título inédito dá ao São Paulo uma vaga na Taça Libertadores do ano que vem, competição que o Tricolor não disputa desde 2010.

E o time do Morumbi não terá vida fácil para se classificar. Precisará vencer por dois gols de diferença. Se devolver o 1 a 0, leva a decisão para os pênaltis. A Ponte joga por um empate e pode passar até mesmo se perder por um gol, desde que marque algum.

O volante Denilson também pede uma mudança de postura do time. ? Se continuar assim, não vai ter jeito. Precisamos melhor muito, está complicado. Foi um dos piores jogos da temporada.

O São Paulo volta aos treinamentos na tarde desta quinta-feira, no CT da Barra Funda. O Tricolor tem o fim dessa semana e o início da próxima para se preparar para o duelo decisivo.

Fonte: Globo Esporte