Federação espanhola rebate Felipão por ter criticado jogador Diego Costa

Segundo Jorge Pérez, secretário geral da entidade, o técnico brasileiro precisa respeitar a decisão tomada pelo jogador.

As críticas do técnico Luiz Felipe Scolari ao atacante Diego Costa, que decidiu defender a Espanha e foi desconvocado da seleção brasileira para os amistosos de novembro (dia 16, contra Honduras, em Miami, nos Estados Unidos, e dia 19, contra o Chile, em Toronto, no Canadá), foram respondidas pela Federação Espanhola de Futebol. Segundo Jorge Pérez, secretário geral da entidade, o técnico brasileiro precisa respeitar a decisão tomada pelo jogador.

- A decisão do Diego é profissional. Scolari também é brasileiro e treinou Portugal. Estamos falando de profissionais e Diego está no direito dele de preferir atuar pela Espanha - disparou Jorge Pérez.

Segundo o secretário da federação, Diego Costa quer retribuir o carinho que recebeu ao longo da carreira do povo espanhol. O atacante está na Espanha desde 2007, quando foi contratado pelo Atlético de Madrid.

- O jogador não está traindo seu pais nem a ninguém. Ele segue sendo brasileiro, mas jogou na Espanha praticamente durante toda a carreira, foi bem acolhido e quer devolver esse carinho. O Diego pode não ter sido compreendido pelo Scolari, mas isos não quer dizer que não ame o seu país - afirmou o dirigentes.

Jorge Peréz também deixou claro que o atacante brasileiro será muito recebido pelos companheiros da Fúria e que o técnico Vicente del Bosque cumprirá o prometido de convocá-lo.

- O treinador está em contato permanente com o Diego e vai cumprir o que disse sobre a convocação. O jogador será bem aceito pelos companheiros, como acontece com todos os convocados.


Federação espanhola rebate Felipão por críticas a Diego Costa: ?Ele treinou Portugal?, diz secretário geral

Fonte: Extra