Kaká e Robinho ficam fora de última convocação da seleção pré-Copa; confira lista completa!

Kaká e Robinho ficam fora de última convocação da seleção pré-Copa; confira lista completa!

O técnico Luiz Felipe Scolari anunciou nesta terça-feira 16 convocados para o amistoso de 5 de março

O técnico Luiz Felipe Scolari anunciou nesta terça-feira 16 convocados para o amistoso de 5 de março contra a África do Sul, o último teste da seleção brasileira antes da lista final para a Copa do Mundo. A relação, composta apenas por atletas que atuam no exterior, manteve a base da Copa das Confederações. As grandes ausências foram os veteranos Kaká e Robinho, ambos do Milan, além de Lucas, do Paris Saint-Germain. Já as novidades ficaram por conta de Fernandinho, do Manchester City, e Rafinha, do Bayern de Munique.

"Tivemos problemas de lesão e é com esses problemas que surge a oportunidade de ainda testar um jogador no meio-campo para que possa ter uma definição na última convocação", disse Felipão. "Fernandinho vem jogando muito bem, chamando atenção e é uma oportunidade. Rafinha também vem muito bem, tem passado por seleções de base".

A convocação para o último teste pré-Copa foi dividida em duas partes. Nesta terça, apenas jogadores "estrangeiros" foram relacionados. A lista será completada na última semana de fevereiro por outros três atletas que atuam no Brasil. Felipão confirmou a informação, apurada pelo UOL Esporte na segunda-feira, de que a medida visa aguardar a recuperação do atacante Fred, que sofreu lesão e desfalcou o Fluminense na última semana.

Caso Fred não tenha condições de atuar, Felipão chamará outra opção caseira. Jô, do Atlético-MG, e Leandro Damião, do Santos, são os preferidos. A delegação da seleção viajará para Johanesburgo, na África do Sul, no dia 1º de março.

Scolari surpreendeu ao não convocar alguns nomes considerados certos na lista. Destaque em amistosos contra Honduras e Chile, Robinho ficou de fora da relação, assim como o lateral-direito Maicon, da Roma, e o volante Hernanes, que recentemente se transferiu para a Inter de Milão.

"A ideia básica é ter pelo menos três jogadores de cada posição observados para você se precaver de imprevistos que acontecem na temporada. Tínhamos usado Daniel Alves e o Maicon, precisávamos de um terceiro nome [Rafinha]", explicou Carlos Alberto Parreira, coordenador técnico da seleção, ao Sportv.

Apesar do bom momento vivido no Milan, Kaká também acabou preterido. Já Lucas, que já não havia sido chamado para últimos amistosos, novamente ficou fora da relação e parece ter perdido espaço junto a Felipão.

Se o histórico dos últimos Mundiais for mantido, praticamente todos os convocados para enfrentar a África do Sul estarão na equipe que buscará o hexa. Desde 1994, mais de 90% dos atletas convocados para o último amistoso antes da lista final acabaram chamados para a Copa.

A convocação para a Copa do Mundo será divulgada somente em 7 de maio, quando o Brasil iniciará sua preparação para a competição.



Fonte: UOL