Felipão e ex-palmeirenses da Seleção lamentam morte de Oberdan Cattani

O zagueiro Henrique também lamentou a perda.

Luiz Felipe Scolari e parte da comissão técnica da Seleção Brasileira se manifestaram após saberem da triste notícia da morte de Oberdan Cattani, ídolo do Palmeiras que morreu na noite de sexta-feira, em São Paulo.

Felipão, o auxiliar Flávio Murtosa, o preparador de goleiros Carlos Pracidelli e os preparadores físicos Paulo Paixão e Anselmo ex-Sbragia, que já trabalharam no clube paulista, conheciam o ex-goleiro. O zagueiro Henrique também lamentou a perda.

- Gostaria de manifestar o meu pesar pela morte do Oberdan, um ídolo do Palmeiras e nosso também. Ele era uma pessoa espetacular, sempre compareceu ao clube nos momentos em que estivemos lá. Ofereço meu apoio à família Cattani e palmeirense neste momento de tristeza - disse Felipão, por meio de nota da CBF.

Felipão teve duas passagens pelo Palmeiras, de 1997 a 2000 e de 2010 a 2012. O técnico é um dos ídolos do Verdão. O zagueiro Henrique, reserva na Copa do Mundo e hoje no Napoli (ITA), defendeu o Verdão até o início de 2014.

Fonte: Terra