Felipão é punido e "desfalca" o Palmeiras na estreia do Paulistão

Técnico pegou três jogos de punição por ofender árbitro. Goleiro Deola fica fora da primeira partida

O técnico Felipão e o goleiro Deola desfalcarão o Palmeiras na estreia do Campeonato Paulista, contra o Bragantino, dia 22, às 17h. Ambos foram julgados pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-SP) por declarações contra o árbitro Paulo César de Oliveira durante a semifinal contra o Corinthians, no ano passado.

Naquela partida no Pacaembu, os palmeirenses disseram que foram prejudicados pelo árbitro, que expulsou Scolari, por reclamar à beira do campo, e validar o gol de Willian, em um lance duvidoso que levou a decisão para os pênaltis.

No primeiro julgamento, na primeira instância, Felipão foi punido por seis jogos, além de ser multado por R$ 40 mil. O Palmeiras entrou com um recurso, conseguiu diminuir o valor da multa pela metade e a conversão de parte da pena por quatro jogos.

O treinador ainda foi suspenso por mais dois jogos e multado em mais de R$ 10 mil, mas também conseguiu a redução da pena e cumprirá apenas um. Sendo assim, Felipão terá que cumpriu três jogos de suspensão no final do processo, além do Palmeiras precisar desembolsar a multa no valor de R$ 24.200.

O goleiro Deola foi punido por dois jogos por ter ter criticado o juiz em sua página no twitter. O departamento jurídico do clube conseguiu a conversão de uma partida através da doação de 20 cestas básicas, no custo de R$ 1.400. A outra partida terá de ser cumprida na primeira rodada.

Fonte: lancenet