Técnico Felipão sofre derrota para ex-jogador Edmundo na Justiça

Técnico Felipão sofre derrota para ex-jogador Edmundo na Justiça

Treinador pedia indenização de R$ 100 mil, mas terá que pagar a advogados do Animal.

O técnico Luiz Felipe Scolari perdeu uma ação judicial contra o ex-jogador e comentaristas esportivo Edmundo Alves de Souza Neto. O treinador pedia R$ 100 mil por danos morais causados por comentários do ?Animal?, que o ligariam a um suposto esquema ilegal de negociação de jogadores.

Além de ter o pedido de indenização negado, Felipão foi condenado a pagar as custas do processo e os honorários dos advogados de Edmundo e da TV Bandeirantes, também acionada na ação proposta pelo treinador. A decisão, em primeira instância, proferida pela juíza Claudia de Lima Menge, da 4ª Vara Cível da Justiça de São Paulo.

Somente em custos de honorários dos advogados de Edmundo e da TV Bandeirantes, Felipão terá que pagar R$ 5 mil. Em caso de apelação à segunda instancia, o treinador terá que desembolsar mais R$ 2 mil pra as custas do processo.

Felipão acionou Edmundo por causa de comentários críticos do ex-jogador, que insinuou no programa Terceiro Tempo que o treinador estaria ligado a um esquema de contratações ilegais que estariam prejudicando o Palmeiras. Na época, Scolari era técnico do Alviverde.

A juíza entendeu que Edmundo não teve ?intenção de ofender ou caluniar? e que o ex-jogador se restringiu a ?tecer opinião acerca da conduta do clube Palmeiras na contratação de jogadores do clube São Caetano?. Acrescentou ainda que Edmundo ?exerceu seu direito de liberdade de expressão?.

Fonte: R7, www.r7.com