Felipe Scolari é acusado de tentar encobrir falhas no Palmeiras

Ele é acusado por cartolas de ter agido com a intenção de desviar o foco de uma nova má atuação do time.

Felipão voltou a gerar turbulência no Palestra Itália com suas declarações. O departamento jurídico do clube foi bombardeado por críticas. Isso depois de o técnico dizer que o Atlético-MG trabalhou bem para colocar Bernard em campo e que se o Palmeiras trabalhar direito também vai conseguir bons resultados.


Felipe Scolari é acusado de tentar encobrir falhas no Palmeiras

Há na diretoria quem queira agora caçar culpados pela suposta fraqueza palmeirense no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). Mas Felipão não saiu ileso. É acusado por cartolas de ter agido com a intenção de desviar o foco de uma nova má atuação do time. Ele é mestre nessa arte, disparam seus críticos.

A alfinetada de Scolari também ressuscitou o antigo caso de Henirque, que expulso de maneira polêmica ficou fora da primeira partida da final da Copa do Brasil. O clube não conseguiu escalar o jogador no tapetão.

Torpedeado, o diretor jurídico Piraci de Oliveira explicou em sua página na internet que o Palmeiras não tinha como impedir o Galo de conseguir o efeito suspensivo para Bernard. O cartola reclamou de estar recebendo críticas injustas.

Questionado, ele isentou Felipão e afirmou que as reclamações já aconteciam antes do jogo com o Atlético-MG.

Sobre Henrique, Piraci disse que o episódio não se encaixava nos casos em que é possível pedir efeito suspensivo, pois o recurso já tinha sido jugado antes da partida seguinte.

Assim, o Palmeiras começou uma semana decisiva na luta contra o rebaixamento em meio a um novo tiroteio. Certamente, a briga em nada ajudará a equipe em campo.

Fonte: UOL