Fernando Alonso admite que temeu por morte de Kubica

Alonso foi o primeiro piloto a visitar Kubica no Hospital Santa Corona.

Fernando Alonso admitiu que temeu pelo pior quando soube do acidente de Robert Kubica durante um rali na Itália. Em entrevista à rede "CNN", o espanhol disse que não soube direito qual era a real situação do piloto quando conversou com o agente do polonês, Daniele Morelli.

Alonso foi o primeiro piloto a visitar Kubica no Hospital Santa Corona, em Pietra Ligura. O espanhol visitou o amigo no mesmo dia do acidente.

- No primeiro momento, para ser honesto, falei com o agente dele e ele não foi muito claro sobre se ele estava bem, se ele iria sobreviver. Tentei ir para o hospital para saber exatamente qual era seu estado. Agora ele está se recuperando bem e espero vê-lo de volta na F-1 em breve - revelou o espanhol.

Além disso, o bicampeão defendeu a participação de Kubica nas provas de rali e afirmou que é impossível para um piloto de Fórmula 1 se afastar das pistas para evitar riscos.

- Precisamos ter alguma coisa que dê adrenalina fora de nosso trabalho e o rali é um bom treino para o ponto de vista de um piloto de Fórmula 1. Treino na bicicleta todo dia e, há algumas semanas eu e um amigo estávamos correndo e um caminhão cortou nossa frente. Poderíamos ter batido. Não tem como evitar os riscos - completou.

Fonte: Terra