Festa levou Mário Fernandes se atrasar para apresentação na Seleção

Jogador do Grêmio faltou à apresentação dos convocados da Seleção Brasileira


Festa levou Mário Fernandes se atrasar para apresentação na Seleção
A principal causa da ausência de Mário Fernandes na apresentação dos jogadores convocados pelo técnico Mano Menezes tem endereço fixo em região boêmia. Logo após a vitória do Grêmio sobre o Avaí, em Florianópolis, o lateral-direito tricolor dirigiu-se ao "Be Happy", casa noturna localizada na Cidade Baixa, bairro próximo ao Centro de Porto Alegre, no final da noite deste domingo.

- Ele foi para o Be Happy e perdeu a hora. Foi isso - resumiu um funcionário do Grêmio que participou da resolução do problema.

Segundo um funcionário da casa, Mário Fernandes frequenta o local nos domingos com relativa assiduidade. É a tradicional noite do sertanejo universitário no calendário de festas promovidas pela casa.

No último final de semana, entretanto, havia uma alteração na rotina. Às 5h, Mário Fernandes precisava embarcar de Porto Alegre rumo a São Paulo, onde faria conexão a Belém, local da partida desta noite de quarta-feira, contra a Argentina.

Mesmo assim, Mário Fernandes arriscou visitar a casa. E lá, com os amigos - entre eles um companheiro de Grêmio - e a namorada, permaneceu descontraído. Resultado: perdeu o voo. Para remediar a situação, quando a notícia se tornou pública, o Grêmio divulgou uma nota oficial atribuindo a ausência de Mário Fernandes a uma "recusa devido a problemas particulares".

Cogitaram-se questões psicológicas, porque Mário Fernandes já havia "fugido" do Grêmio no início de 2009, quando chegou do São Caetano, permanecendo durante um mês na casa de parentes até ser convencido a voltar. Mas o motivo para a falta era mais simples: a diversão na festa o fez esquecer-se de cuidar o relógio.

Os dirigentes do Grêmio e seu empresário conhecem os detalhes da história. Ainda na segunda pela manhã tentaram embarcá-lo em um voo às 15h para Belém, mas a versão oficial foi mantida - não haveria como justificar a resolução tão rápida dos "problemas particulares" alegados horas antes.

Sem uma punição ao jogador, ele voltou a treinar normalmente na terça, e segue participando das atividades. A ideia no clube é acompanhar mais de perto os passos de Mário Fernandes, e evitar que ele se envolva com "más influências". A versão oficial será mantida, também, para evitar uma desvalorização do jogador, que há muito desperta o interesse de grandes clubes europeus.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com