Fifa confirma que São Paulo está fora da Copa das Confederações

A escolha do Rio para receber o IBC é mais uma derrota de São Paulo, que sofre com o atraso nos preparativos para a Copa.

A Fifa oficializou nesta sexta-feira a exclusão de São Paulo como cidade-sede da Copa das Confederações de 2013. Além disso, a entidade anunciou a escolha do Rio de Janeiro para receber o Centro de Imprensa (International Broadcast Centre ou IBC) durante a realização da Copa do Mundo de 2014. Palco da final da competição, e cada vez mais candidata para organizar também a abertura, a cidade venceu a disputa com Brasília e São Paulo, que também lutavam para ser a sede do IBC.



"Posso dizer que foi uma decisão muito difícil. Todas as candidatas mostraram qualidades e mostraram grande comprometimento", explicou o secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke, após reunião nesta sexta-feira, na Suíça, com o presidente do Comitê Organizador Local (COL), Ricardo Teixeira, que também comanda a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

A escolha do Rio para receber o IBC é mais uma derrota de São Paulo, que sofre com o atraso nos preparativos para a Copa - principalmente com o estádio. Como a arena corintiana ainda nem começou a ser construída, a capital paulista ficou fora da Copa das Confederações. Agora, corre risco de não receber a abertura do Mundial.

Valcke reforçou que, além de São Paulo, Natal ficará fora da Copa das Confederações - as cinco sedes da competição em 2013 serão anunciadas no dia 29 de julho. Ele, no entanto, mostrou satisfação com o andamento dos preparativos brasileiros para receber a Copa do Mundo.

O IBC é parte importante da estrutura de uma Copa, pois reúne a maior parte dos veículos de imprensa que fazem a cobertura do evento e gera as imagens da competição para todo o mundo. No ano passado, por exemplo, o Centro de Imprensa do Mundial da África do Sul concentrou 179 empresas de 70 países diferentes, com mais de 13 mil profissionais trabalhando no local.

No Rio, o IBC será instalado no Riocentro, tradicional centro de convenções do Brasil, que tem um total de 570.000 metros quadrados, dos quais 100.000 são de área construída (possui cinco pavilhões), e um estacionamento com cerca de 7.000 vagas. Assim, com mais essa conquista, a cidade vai se transformando na principal sede da Copa do Mundo de 2014.

Fonte: Veja