Fifa diz que provavelmente irá vender novas entradas para Copa

Fifa diz que provavelmente irá vender novas entradas para Copa

Entrega de estádios em São Paulo, Cuiabá e Curitiba vai disponibilizar ingressos para os torcedores. Comercialização vai acontecer em meados de maio

A Fifa revelou nesta quinta-feira que poderá comercializar novas entradas para o jogo de abertura da Copa do Mundo, em São Paulo. O diretor de marketing da entidade, Thierry Weil, afirmou que, por conta da colocação dos assentos na Arena Corinthians e pelo retorno de bilhetes que não serão utilizados pelos patrocinadores, os torcedores poderão conseguir em meados de maio entradas para o duelo entre Brasil e Croácia, dia 12 de junho. A quantidade não foi confirmada.

- Estamos esperando a colocação dos assentos, mas até lá temos uma reserva de contingência de 7%. Provavelmente, em meados de maio, teremos bons lugares à disposição dos torcedores. É bem possível que tenhamos ingressos para o jogo de abertura. Não podemos precisar a quantidade ? disse Weil, em entrevista num hotel em Ipanema, Zona Sul do Rio de Janeiro.

Além do jogo de abertura, partidas em Cuiabá e Curitiba também podem ter carga extra de ingressos. E o motivo é o mesmo: a conclusão da colocação dos assentos nas arenas, que ainda não foram entregues à Fifa.

Após a entrega dos estádios e os testes, a Fifa vai diminuir a reserva de contingência. Segundo Weil, dependendo da arena, a cota de entrada cai de 7% para até 2%.

- Não temos ideia de quantos ingressos serão colocados à venda. Às vezes, pode faltar uma fileira e seremos obrigados a realocar alguns torcedores, mas o percentual de mudanças é muito pouco.

Questionado se sente-se frustrado com o atraso na entrega de estádios, Weil se mostrou otimista com a realização da Copa do Mundo.

- Temos certeza que será uma ótima Copa do Mundo. Não adianta falar agora que está desapontado. As coisas serão feitas. Vamos lembrar das coisas positivas.

No bate-papo com a imprensa, Weil afirmou que de um total de 2,7 milhões de bilhetes vendidos, apenas 89 mil entradas foram retiradas no primeiro fim de semana desde que os postos de retirada foram abertos, no último dia 18. O dirigente pediu para os torcedores comparecerem nos pontos o quanto antes para evitarem filas.

A Fifa aproveitou para divulgar a relação completa dos ingressos alocados, mas fez questão de afirmar que os números mudam todos os dias: 1,72 milhão para o público em geral; 369 mil para associações participantes; 212 mil para parceiros comerciais; 28 mil para empresas de comunicação com direitos; 62 mil para projetos apoiados pela entidade; 298 mil de hospitalidade; e 24 mil para autoridades e patrocinadores locais.

Weil, que chegou à Fifa após a Copa de 1998, na França, vibrou com o sucesso da venda de ingressos para o Mundial do Brasil.

- Desde a Copa da França, eu nunca vi uma venda assim.

O diretor de marketing também alertou os torcedores para não comprarem ingressos fora do site da Fifa.

- Existem pessoas que têm o comprovante da compra do ingresso, mas que não compraram no site da Fifa. Elas vão ficar sem o dinheiro e sem o ingresso. Isso é frustrante. O torcedor crê que comprou a entrada, mas fica decepcionado.

Fonte: GloboEsporte