Figueirense vence o Santos na Vila Belmiro: 3 a 2

Figueirense vence o Santos na Vila Belmiro: 3 a 2

O Figueirense derrotou o Santos por 3 a 2 neste sábado, na Vila Belmiro

Em partida movimentada, Santos e Figueirense disputaram um belo jogo na tarde deste sábado, na Vila Belmiro. Melhor para a equipe visitante, que venceu por 3 a 2, em partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado não foi bom para o time paulista, que perdeu chance de encostar nos líderes e ainda viu uma série de oito jogos de invencibilidade ser quebrada.

Sem a presença do atacante Neymar, que recebeu o terceiro cartão amarelo na partida contra o América-MG, o Santos penou para conseguir furar a retranca defensiva do Figueirense nos minutos iniciais. Por isso, foram os catarinenses que saíram na frente, após falta gerada em jogada de contra-ataque aos 8min.

Em cobrança da entrada da área, Júlio César chamou a responsabilidade e chutou forte, no meio da barreira. Os santistas não conseguiram desviar, esbarraram na bola e enganaram o goleiro Rafael, que nada pode fazer para evitar o primeiro tento catarinense no confronto.

O Santos não sentiu o gol, foi para cima do Figueirense e chegou ao empate 16 minutos depois, após um lindo lance do artilheiro Borges. O camisa 9 ajeitou na entrada da área e bateu com classe, forte, no cantinho, indefensável para o goleiro adversário. Foi o 19º gol do santista no Brasileiro - ele é o goleador absoluto da competição.

Entretanto, a euforia paulista durou pouco. Aos 26min, Wellington Nem recebeu enfiada de bola ainda do meio de campo pelo lado esquerdo, avançou sozinho e tocou na saída de Rafael, deixando o clube visitante novamente na frente.

Como aconteceu anteriormente, o time paulista não sentiu o tento e, no minuto seguinte, Borges desperdiçou chance incrível de colocar a igualdade novamente no placar. Ele recebeu completamente sozinho na área do Figueirense, mas chutou em cima do goleiro. A tarefa de empatar coube ao lateral esquerdo Léo - ele aproveitou jogada de Felipe Anderson e bateu de primeira, cruzado, aos 46min.

No segundo tempo, os dois times penavam para penetrar as fortes marcações rivais. Ademais, chances de gol foram poucas, e a bola penava no estilo de jogo truncado de ambos os lados. Melhor para o visitante, que arrumou um pênalti aos 38min da etapa complementar. Em contragolpe, Júlio César lançou Wellington Nem, que entrou na área e foi derrubado por Léo. Coube ao próprio Júlio César a tarefa de efetuar a cobrança, balançar as redes e interromper uma série de cinco partidas sem vitórias do Figueirense.

Com o resultado deste sábado, o Santos ficou com 35 pontos e apenas na 11ª colocação do Campeonato Brasileiro, mas possui dois jogos a menos que os demais rivais. Seu próximo adversário é o Fluminense, no sábado que vem, no Engenhão. O Figueirense, por sua vez, encara o Coritiba no domingo, no Orlando Scarpelli. O time catarinense tem 36 pontos e ocupa a 10ª posição na tabela de classificação.

Fonte: Terra, www.terra.com.br