Filha do velocista Tyson Gay morre baleada em restaurante

A jovem planejava seguir os passos do pai

Trinity Gay, de 15 anos, filha do velocista Tyson Gay, o segundo velocista mais rápido da história nos 100m rasos, morreu após ter sido baleada em um restaurante de Lexington, em Kentucky, nos Estados Unidos, na madrugada deste domingo. Ferida no pescoço, a jovem foi encaminhada para um hospital, mas não resistiu.

Pessoas que estavam em dois veículos trocaram tiros, um dos quais acertou a jovem, que estava perto. Dois suspeitos de envolvimento no caso foram ouvidos por autoridades locais, mas até o momento nenhuma prisão foi feita.

A jovem planejava seguir os passos do pai e treinava para ser uma corredora em sua escola, onde já participava de competições dos 100m e 200m.

Julian Tackett, porta-voz do departamento esportivo da instituição lamentou a morte da adolescente por uma rede social. "Chocada pela morte de Trinity Gray. Uma vida de grande potencial foi tirada tragicamente. Meus sentimentos a Tyson e toda sua família", escreveu.

Image title


Fonte: Com informações do Jornal Extra