Fla acaba com novela e confirma contratação de Ronaldinho

Fla acaba com novela e confirma contratação de Ronaldinho

Dirigentes do clube e representantes do jogador finalizaram o contrato nesta noite

Ronaldinho vai vestir a camisa do Flamengo. O clube superou a concorrência de Palmeiras e Grêmio e confirmou na noite desta segunda-feira a contratação do atleta que estava no Milan, da Itália.

O acordo entre o jogador e clube é para os próximos três anos e meio. Ele receberá cerca de R$ 1,3 milhão por mês e terá uma premiação especial por conquista. A apresentação oficial vai acontecer na quarta-feira.O local ainda não foi definido. A preferência é para o sambódromo.

Dirigentes do clube e representantes do jogador finalizaram o contrato nesta noite, em um luxuoso hotel na Barra da Tijuca (zona oeste do Rio).

Em frente a esse hotel, torcedores, que somavam uma centena, festejavam. Eles lançaram rojões e gritaram o nome do atleta.

O retorno de Ronaldinho ao futebol brasileiro virou uma longa novela. Com contrato até o meio deste ano com o Milan, o jogador conseguiu o aval do time italiano para antecipar a sua saída.

No final de dezembro, ele se despediu de seus antigos companheiros do Milan, em Dubai, onde a equipe estava concentrada, e viajou para o Brasil. Nesse período, foi visto no Rio e em Santa Catarina.

As negociações para o seu desligamento do Milan foram comandadas pelo seu irmão e empresário, Assis, com o vice-presidente do clube milanês, Adriano Galliani, na capital fluminense.

Palmeiras, Flamengo e Grêmio entraram em contato com Assis para contratar o jogador, e os três clubes demonstraram muita confiança e encararam como praticamente certa a conclusão do negócio.

A concorrência acabou com o time carioca vencedor, depois da desistência dos outros clubes.

No sábado, o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani,que tinha participado de uma reunião com a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, declarou que a chance de Ronaldinho jogar pelo Flamengo era de 99,99%.

INÍCIO DE CARREIRA

Ronaldinho foi revelado pelo Grêmio e ganhou maior projeção quando chegou à seleção brasileira e marcou um lindo gol, depois de dar um chapéu no marcador, contra a Venezuela pela Copa América em 1999.

Em 2001, ele acertou a sua transferência para o Paris Saint-Germain, sem a liberação do Grêmio. O acordo gerou polêmica, e o time gaúcho protestou na Fifa, mas o jogador pôde atuar pelo time francês.

Convocado pelo técnico Luiz Felipe Scolari para defender a seleção na Copa-2002, Ronaldinho foi um dos destaques da campanha do pentacampeonato nacional.

Ele foi para o Barcelona em 2003 e brilhou muito no time espanhol. Ganhou dois Campeonatos Espanhóis e uma Copa dos Campeões da Europa. Por dois anos seguidos, 2004 e 2005, foi eleito pela Fifa o melhor jogador do mundo. Em 2006, teve atuação apagada na Copa da Alemanha.

Na Espanha, Ronaldinho ficou até 2008 quando passou a defender o Milan, mas ficou longe de repetir o sucesso alcançado no Barcelona..

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br