Fla acusa árbitro de "desequilibrar" atletas e quer levar caso à CBF

Fla acusa árbitro de "desequilibrar" atletas e quer levar caso à CBF

O árbitro não se esgotou em irritar ou desequilibrar

O diretor de futebol do Flamengo, Luiz Augusto Veloso, declarou nesta segunda-feira que o clube estuda a possibilidade de entrar com um protesto na CBF contra o árbitro Heber Roberto Lopes, acusado pelo capitão do time, Ronaldinho Gaúcho, de ameaçar os jogadores durante o empate de 2 a 2 com o Figueirense, domingo, em Florianópolis.

- Já conversamos com departamento jurídico. Vamos analisar a melhor maneira de, no mínimo, registrar a estranheza com as atitudes do árbitro. A gente não sabe direito o que vai fazer, pois há elementos que sugerem que podemos provar a maneira ostensiva que ele se dirigia aos jogadores. O árbitro não se esgotou em irritar ou desequilibrar. Ele já influenciou para o próximo jogo, tirou o Renato e Ronaldinho (receberam o terceiro cartão amarelo). - disse o dirigente em entrevista à "Rádio Brasil".

Nesta segunda-feira, a CBF divulgou a súmula da partida e Heber Roberto Lopes não faz qualquer comentário sobre os diálogos com os jogadores do Flamengo. O próximo compromisso do time rubro-negro é quinta-feira, às 21h00 (Horário de Brasília), contra o Atlético-GO, no Engenhão.

Fonte: GloboEsporte