Fla derrota Emelec no fim e ganha sobrevida na luta por vaga no mata-mata da Copa Libertadores

Fla derrota Emelec no fim e ganha sobrevida na luta por vaga no mata-mata da Copa Libertadores

Alecsandro abre o placar em cobrança de pênalti, time sofre o empate, mas Paulinho garante o 2 a 1. Time precisa vencer o León para se classificar

O Flamengo segue firme na luta por uma vaga na fase mata-mata da Copa Libertadores da América. Nesta quarta-feira, em "decisão" no Equador, o time carioca venceu o Emelec por 2 a 1, no Estádio George Capwell, e embolou ainda mais a disputa pelas duas vagas no Grupo 7 do torneio. O gol do triunfo saiu apenas aos 47min da etapa final, com o meia-atacante Paulinho. Saiba como foi o duelo.

Com os três pontos conquistados fora de casa, o time treinado por Jayme de Almeida passou a somar sete, ao lado do León, mas com desvantagem nos critérios de desempate, e a apenas um do líder isolado Bolívar. Na última rodada, marcada para a próxima quarta, dia 9, o Flamengo pega justamente o León, no Maracanã, e uma vitória pode até garantir a liderança da chave. Um empate, dependendo do resultado de Bolívar x Emelec, basta para a classificação.

No duelo desta quarta, o Flamengo não teve o artilheiro Hernane, lesionado, mas contou com o faro de gol de Alecsandro. O centroavante ex-atleticano ganhou uma chance entre os titulares e não decepcionou. Logo aos 6min, Everton alçou a bola na área pela esquerda e Nasuti cortou com o braço. Penâlti. Com tranquilidade, Alecsandro colocou a bola no canto direito do goleiro Esteban Dreer e abriu o placar.

O gol fez bem ao Flamengo, que passou a tocar a bola com mais tranquilidade. No entanto, a equipe desperdiçou alguns contra-ataques. O Emelec, com o apoio da torcida, começou a se soltar mais e levar perigo ao gol de Felipe.

No segundo tempo, aos 19min, o Flamengo cedeu o empate. Caicedo dominou a bola na esquerda do ataque do Emelec, entrou na área e acabou derrubado pelo zagueiro Wellinton. Mais um pênalti assinalado pelo árbitro Julio Bascuñan. Agora Stracqualursi foi para a batida, soltou a bomba no meio do gol e empatou o duelo, sem dar chance de defesa a Felipe.

Após a igualdade, o jogo perdeu em emoção. Tanto Flamengo quanto Emelec jogaram de forma burocrática e não criaram grandes chances. O time da casa ainda esboçou uma pressão na base do abafa nos minutos finais, mas sem sucesso.

Quando tudo parecia que terminaria empatado, Paulinho deu o ar da graça. Aos 47min, em rápido contra-ataque, Negueba achou o maia-atacante na ponta direita e acertou o passe. Paulinho teve calma para dominar, invadir a área e bater cruzado, no canto direito de Dreer, definindo a vitória rubro-negra fora de casa.

FICHA TÉCNICA - EMELEC-EQU 1 X 2 FLAMENGO

Local: Estádio Geroge Capwell, em Guayaquil (Equador)

Data: 2 de abril de 2014 (Quarta-feira)

Horário: 22h (de Brasília)

Árbitro: Julio Bascuñán (Chile)

Assistentes: Francisco Mondria (Chile) e Raúl Orellana (Chile)

Cartões amarelos: Nasuti e Bolaños (Emelec); Wallace (Flamengo)

GOLS

EMELEC: Stracqualursi, aos 20min do segundo tempo

FLAMENGO: Alecsandro, aos 8min do primeiro tempo; Paulinho, aos 47min do segundo tempo

Fonte: Terra