Flamengo derrota o Bahia por 2 a 1 em Pituaçu

Flamengo derrota o Bahia por 2 a 1 em Pituaçu

Flamengo supera ausências de titulares, desvantagem numérica e vence o Bahia

O Flamengo superou as ausências de quatro titulares e venceu o Bahia por 2 a 1, no estádio de Pituaçu. O Rubro-negro atuou todo o segundo tempo com um jogador a menos, já que Luiz Antônio foi expulso no fim da etapa inicial. Os gols da partida foram marcados por Hernane e Renato Abreu, de pênalti, para os visitantes, enquanto Kleberson descontou para os donos da casa.

O time de Joel Santana saiu na frente, mas sofreu o empate logo em seguida. Com a expulsão de Luiz Antônio, o Fla se segurou e apostou nos contra-ataques. Em um deles, Ibson sofreu falta dentro da área a Renato Abreu converteu o gol da vitória aos 27min. O Bahia seguiu pressionando em busca do segundo, mas parou nas mãos de Paulo Victor, que assegurou a vitória rubro-negra.

O jogo

A partida começou com um nível técnico muito baixo. Os donos da casa tomavam a iniciativa, principalmente com os veteranos Mancini e Kleberson. Na frente, Gabriel e Souza eram boas opções e se movimentavam constantemente. Pelo lado Rubro-negro, Adryan não conseguia desempenhar o que dele se esperava. O jovem atuado preso pelo lado esquerdo e não conseguia armar as jogadas da equipe. Salvo algumas finalizações sem perigo, os goleiros Paulo Victor e Marcelo Lomba foram meros espectadores.

Mesmo sem merecer, o Flamengo saiu na frente. Renato escapou pela esquerda e cruzou para Adryan, única opção dentro da área. A zaga do baiana afastou mal, nos pés de Hernane, que soltou a perna e abriu o placar aos 30min, 1 a 0. Em desvantagem, o Bahia se lançou o ataque e conseguiu o empate 7min depois. Gabriel foi lançado pela esquerda e dentro da área faz o cruzamento certeiro para Kleberson escorar, 1 a 1. O panorama mudou completamente aos 44min, quando Luiz Antônio sofreu com o excesso de rigor do árbitro Francisco Carlos Nascimento e foi expulso pelo segundo cartão amarelo.

Na volta do intervalo, o técnico Falcão demonstrou receio pela permanência do volante Fahel, que já havia recebido cartão amarelo, e lançou o atacante Jones Carioca em seu lugar. O Bahia cresceu na partida e pressionou o Flamengo, que acuado, trocou Adryan por Diego Maurício e Devid por Negueba. Os donos da casa foram acumulando boas chances com Souza, Danny Morais e Mancini, mas Paulo Victor fez grandes defesas e aliviou a situação.

Em uma das raras chegadas ao ataque, Hernane encontrou Ibson dentro da área. Fabinho tentou fazer o corte e furou a bola, mas acertou o camisa 7: Pênalti. Renato cobrou com perfeição e colocou o Flamengo novamente em vantagem. O Bahia foi para o tudo ou nada e lançou Júnior na vaga de Diones. O Flamengo, por sua vez, se defendeu com muita eficiência. Apesar de muita pressão no fim do jogo e um gol impedido de Vander, a zaga carioca se coportou bem e assegurou os três pontos em Pituaçu.


Fla derrota o Bahia por 2 a 1 em Pituaçu

Fonte: Terra