Fla espera que Juan e Love usem "lábia" para voltar

Vagner Love é um dos reforços pretendidos pelo Flamengo

O Flamengo aposta na lábia de seus alvos para formar um time de estrelas. Com Juan, as conversas estão bem adiantadas. Agora, falta o zagueiro falar com a diretoria da Roma, que precisa aceitar que o jogador saia antes do fim de seu contrato. Não há multa rescisória. Já Vagner Love tem nas mãos uma proposta oficial do clube rubro-negro para o CSKA. Mas o atacante ainda não conseguiu apresentá-la aos dirigentes russos.

Ambos chegariam no segundo semestre. Mas precisam mostrar que, além de craques da bola, são bons de papo. Os dois jogadores usarão a vontade de voltar ao Brasil como argumento para abreviar seus contratos. Juan, que tem vínculo com os italianos até o meio de 2013, é amigo do vice jurídico do Flamengo, Rafael de Piro.

O advogado está à frente das negociações. E, como é feito no caso Love e a exemplo do que aconteceu na vinda do Ronaldinho, De Piro mantém sigilo. Ele não nega, no entanto, que o clube lutará para repatriar o zagueiro.

"É um assunto de prioridade para o Flamengo, e eu estou me empenhando muito nisso. Até porque é uma das promessas de campanha da Patrícia (Amorim, presidente)", lembrou Rafael de Piro.

O clube pensa grande, da diretoria ao futebol. O projeto de voltar à Libertadores em 2012 e o sonho da tríplice coroa esbarram em velhos problemas, como a falta de dinheiro. Mesmo ciente das dificuldades, Vanderlei Luxemburgo não deixa de chamar a atenção para a importância de o Flamengo se reforçar.

Vanderlei toma como parâmetro seus concorrentes e constata que o Flamengo começa a ficar para trás. Vasco, São Paulo e Palmeiras, por exemplo, já apresentaram reforços de nome. E o treinador não quer que o elenco flamenguista fica atrás dos rivais.

"Falando de mercado, a gente está na Copa do Brasil e no Carioca e vai disputar o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana. Os adversários, como Palmeiras, São Paulo, Vasco, Coritiba e Atlético-PR, se reforçaram. Nós montamos um elenco no início do ano e paramos. Tivemos oportunidades, mas aí vem problema financeiro, essas coisas. Temos que avançar. O São Paulo contratou o Luís Fabiano; o Palmeiras, o Wellington Paulista; o Vasco, o Diego Souza, o Leandro e o Alecsandro... O Flamengo precisa se mexer", ressaltou Vanderlei, que ratificou, por outro lado, a confiança que tem no grupo atual.

A saída de jogadores como Petkovic, Kleberson, Correa, Val Baiano e Diogo já tinha como objetivo aliviar a folha salarial, para que o clube pudesse buscar reforços. Petkovic e Correa ainda treinam na Gávea, enquanto o grupo trabalha no Ninho do Urubu.

Fonte: Terra, www.terra.com.br