Fla quer brasileiro do Hamburgo e faz contas por zaga "top"

Negociações estão avançadas

Reforçar o setor defensivo é a missão do Flamengo para a sequência da temporada. Bombardeada por críticas, a diretoria comandada pelo presidente Eduardo Bandeira de Mello costura acordo com o brasileiro Cleber, do Hamburgo-ALE, considerado um nome de ponta para a função. O clube faz contas e tenta acelerar o processo para minimizar a insatisfação da torcida. O objetivo é contar com uma "zaga top" para o Campeonato Brasileiro.

Os cartolas sabem que Wallace está em rota de colisão com a torcida e César Martins voltará ao Benfica-POR. O desejo é montar a defesa com o experiente Juan e Cleber. O problema está no aspecto financeiro. O clube tem a aprovação do Conselho de Administração para gastar mais R$ 6 milhões em reforços.

Para tirar o zagueiro de 25 anos do clube alemão, o Rubro-negro sabe que precisa no mínimo de R$ 8 milhões. A estratégia está definida e as conversas acontecem em torno de um pagamento parcelado. O Flamengo não quer comprometer o montante total, pois também deseja contar com outro defensor para compor o elenco.

A direção tem pressa em resolver a situação de Cleber, que já esteve na mira do clube no final do ano passado. Caso a negociação não avance nos próximos dias, o Flamengo irá em busca de um plano B. No entanto, existe certo otimismo em relação ao brasileiro do Hamburgo. A expectativa da diretoria é a de obter êxito no negócio e confirmá-lo como reforço.

Os zagueiros gringos não saem do radar rubro-negro, mas a contratação de um nome no mercado interno ganha força nos bastidores para compor elenco. Revelação do Coritiba, Juninho é um dos zagueiros em pauta na Gávea. O certo é que os dirigentes precisam correr para minimizar o clima de insatisfação e não podem perder a calculadora de vista.


O zagueiro Cleber é o alvo do Flamengo para formar a defesa com o capitão Juan (Crédito: Hamburgo)
O zagueiro Cleber é o alvo do Flamengo para formar a defesa com o capitão Juan (Crédito: Hamburgo)


Fonte: Com informações do Uol