Flamengo 1 x 1 Goiás: as duas ficam no empate no Maracanã

Flamengo 1 x 1 Goiás: as duas ficam no empate no Maracanã

Gols de Hernane e Rodrigo deixam o placar igual no Maracanã. Goiás mantém a caça ao G4, enquanto que o Fla praticamente perdeu as chances de rebaixame

A rivalidade de Flamengo e Goiás na Copa do Brasil passou para o Campeonato Brasileiro, mas o jogo não mostrou a mesma qualidade da classificação do Fla. Em jogo movimentado, mas com poucas chances claras de gol, as duas equipes ficaram no empate hoje, no Maracanã, pelo placar de 1 a 1. Hernane, o artilheiro do Novo Maracanã, deixou a sua marca, com Rodrigo descontado para o time de Goiânia.

Após os grandes confrontos pela Copa do Brasil, Flamengo e Goiás voltaram as suas atenções ao Campeonato Brasileiro. Desde o início da partida, a equipe carioca manteve a posse de bola, tentando pressionar o time goiano no campo de ataque. Paulinho e André Santos, sempre eficientes, pelo lado esquerdo, criaram boas jogadas, mas foi o Goiás que levou maior perigo no primeiro tempo.

Aos oito minutos, o Goiás armou um contra-ataque rápido que terminou nos pés de Léo Bonatini, livre na frente de Paulo Victor. O atacante conseguiu o drible e bateu para o gol, mas a bola morreu na trave esquerda do Flamengo. Junto com Sasha, os dois assustaram bastante a equipe adversária.

Seis minutos depois, o Fla teria sua primeira grande jogada. André Santos avançou pela lateral esquerda e cruzou na medida para Gabriel. O meia fez bem a jogada de pivô e ajeitou para Hernane, vindo de trás, meter de primeira para o gol. O chute entraria no ângulo, mas Renan voou bonito e evitou o primeiro tento da equipe carioca.

O jogo continou com o ritmo bom, mas o meio do primeiro tempo ficou mais violento. Tentando deixar o jogo seguir, o árbitro teve dificuldades em segurar o ímpeto das duas equipes, que trouxeram a rivalidade do confronto pela Copa do Brasil para o Brasileirão. Hugo e André Santos, que já haviam se estranhado no primeiro jogo, continuaram o embate e quem levou a pior foi o meia esmeraldino. Primeiro o jogador desferiu um carrinho por trás em Luiz Antonio, recebendo o primeiro amarelo. Na sequência, aos 33 minutos, o jogador empurrou no meio e contou com o excesso de rigor da arbitragem para receber o segundo e tomar a chuveirada mais cedo.

Aos 39 minutos, o Goiás novamente acertou a trave. Em cobrança de falta pelo lado esquerdo, David tentou o cruzamento na área, mas a bola ganhou a direção do gol e surpreendeu Paulo Victor. O goleiro não conseguiu se recuperar, mas a bola ficou no travessão, para a sorte do goleiro rubro-negro. Essa foi a última grande chance da primeira parte do jogo.

Na volta para o segundo tempo, logo aos seis minutos, o Flamengo abriu o placar. Em grande jogada de Adryan, Paulinho recebeu na frente e, com um toque sutil, deixou Hernane na cara do gol. O Brocador bateu de chapa, deslocando Renan, para abrir o placar para o rubro-negro. Foi o 14º gol do artilheiro na competição, ficando a apenas dois de Éderson na tabela.

Cinco minutos depois o Flamengo quase ampliou. Hernane devolveu o presente e deixou Paulinho na cara do gol. O jogador deslocou bem Renan, mas tirou demais do gol e jogou para fora, desperdiçando a chance de aumentar o placar. A equipe foi melhor também na segunda etapa, só que a perda de oportunidades fez o time não sair com a vitória na noite de hoje.

Aos 18 minutos, em cobrança de falta pelo lado direito de William Matheus, Rodrigo subiu mais alto e testou bonito, no ângulo, sem chances para o goleiro Paulo Victor. O empate foi heroico para a equipe que perdeu o seu armador expulso no primeiro tempo, e que continua na cola do G4 para coroar a grande temporada sob a batuta de Walter e Enderson Moreira.

A equipe tentou a virada nos minutos seguintes, mas logo o jogo perdeu ritmo e começou a ficar no meio de campo. No final, o Flamengo quase saiu com a vitória do Maracanã. Nixon recebeu na esquerda e bateu colocado, no cantinho do goleiro Renan. O arqueiro esmeraldino voou bonito e salvou novamente o Goiás, garantindo o resultado que faz a equipe manter a boa sequência invicta. O Flamengo já não tem grandes pretensões no Brasileiro e apenas aguardar zerar complemente as chances de rebaixamento.

Fonte: goal