Flamengo arranca empate no fim contra o Goiás

Com o resultado, o time do técnico Jorginho chegou aos 25 pontos e se manteve na 18ª colocação

Embalado pela grande vitória sobre o São Paulo no Morumbi no último sábado, o Goiás recebeu o Flamengo na noite desta terça-feira, no Estádio Serra dourada, em partida válida pela 26ª rodada, em duelo direito entre equipes que tentam se salvar da zona de rebaixamento. Os anfitriões venciam até os 46min do segundo tempo, até que Deivid apareceu para salvar a equipe rubro-negra da derrota, empatando o jogo por 1 a 1.

Com o resultado, o time do técnico Jorginho chegou aos 25 pontos e se manteve na 18ª colocação. Já o Flamengo viu seu jejum de vitórias aumentar para quatro jogos e, com 29 pontos, pode terminar na zona de rebaixamento no final da rodada, caso Avaí e Atlético-GO vençam nesta quarta-feira. Goianos e cariocas fizeram um primeiro tempo tecnicamente fraco, prejudicados pelo gramado encharcado. Apesar de jogar fora de casa, o Flamengo teve mais posse de bola e chegou mais ao gol adversário, principalmente com os chutes de longa distância. O time da casa não ameaçou o gol de Marcelo Lomba em nenhum momento.

Aos 20min, Renato Abreu arriscou de longe, a bola desviou em Rafael Toloi e foi para a linha de fundo, assustando o goleiro Harlei. Aos 25min, o camisa 11 chutou novamente, mas desta vez mandou à esquerda do gol. Dois minutos depois, Willians cruzou da direita, a bola desviou e sobrou para Deivid, que dividiu com o goleiro esmeraldino, ganhando um escanteio para o time rubro-negro.

Foram os únicos lances que chegaram a levar mais perigo na etapa inicial. Na volta para o segundo tempo, as duas equipes voltaram mais dispostas, e o gol não demorou a sair. Logo aos 2min, Carlos Alberto avançou pela ponta direita e cruzou para a área. O zagueiro Jean entrou de carrinho e, ao tenta cortar, acabou desviando para o fundo das redes.

Atrás do marcador, o Flamengo partiu de vez para cima do Goiás e começou a pressionar. A situação do time da casa se complicou aos 14min. Rafael Moura deixou o cotovelo no rosto de Maldonado e recebeu o cartão vermelho direto, deixando o Goiás com um jogador a menos.

Aos 15min, Kleberson chutou de fora da área, a defesa do Goiás saiu e Willians completou de cabeça para o gol, mas o árbitro marcou impedimento e anulou o lance. Na sequência, Silas tirou o volante Maldonado e promoveu a entrada de Diogo, aumentando o poder de fogo dos rubro-negros.

Aos 28min, Léo Moura recebeu na área pelo lado direito e cruzou rasteiro. Deivid se atrapalhou com a bola e conseguiu finalizar. A zaga afastou e a bola sobrou para Juan, que tentou por cobertura, mandando por cima do gol.

Três minutos depois, Léo Moura lançou para Diogo dentro da área. O atacante chutou de primeira, mas Harlei fez grande defesa e mandou para escanteio. Aos 34min, o Goiás perdeu uma chance incrível de ampliar o marcador.

Felipe puxou contra-ataque pela esquerda e deu belo passe para Douglas, que vinha na velocidade. O jogador recebeu na entrada da grande área, driblou o goleiro Marcelo Lomba e com o gol aberto chutou para fora.

Com a vantagem mínima, o time mandante recuou e continuou tomando pressão do Flamengo, que tentava com chutes de fora da área e bolas alçadas na área. Aos 44min, Léo Moura tentou de fora da área e Harlei voou no ângulo esquerdo para salvar o Goiás. Quando o time da casa achou que tinha conseguido segurar o resultado positivo, o Flamengo chegou ao empate.

Aos 46min, Deivid recebeu na frente, pelo lado direito, e chutou cruzado da entrada da área, rente ao poste direito de Harlei, que se esticou para fazer a defesa, sem sucesso. O gol acabou premiando o time carioca pelo esforço em busca da igualdade. Pela situação dos clubes na tabela, o empate acabou sendo mau resultado para ambos, que continuam ameaçados pelo rebaixamento.

Na próxima rodada, o Goiás vai até o Rio de Janeiro enfrentar o Vasco no Estádio de são Januário, na sexta-feira m às 21h (de Brasília). No sábado, o Flamengo faz o clássico contra o Botafogo, às 18h30, no Engenhão.



FICHA TÉCNICA

Goiás 1 x 1 Flamengo

Gols

Goiás: Jean (contra), aos 2min do 2º tempo.

Flamengo: Deivid, aos 46min do 2º tempo.

Ponto Forte do Goiás

O time mostrou disciplina tática e se defendeu bem, mesmo tomando pressão, não deixando o time adversário entrar na área.

Ponto Forte do Flamengo

Depois de sofrer o gol, partiu para cima e pressionou o tempo todo, principalmente depois que ficou com um jogador a mais.

Ponto Fraco do Goiás

Recuou muito na segunda etapa.

Ponto Fraco do Flamengo

Silas escalou o time com apenas um atacante. Time teve muita dificuldade para entrar na área adversária, criando poucas chances de gol.

Personagem do jogo

Além de não levar perigo ao gol adversário, Rafael Moura foi expulso infantilmente ao agredir Maldonado e deixou sua equipe em desvantagem numérica.

Esquema Tático do Goiás

3-5-2

Harlei; Marcão, Rafael Toloi (Valmir Lucas) e Ernando; Wendel Santos, Jonílson, Amaral, Carlos Alberto (Rithelly) e Júnior (Douglas); Rafael Moura e Felipe. Técnico: Jorginho

Esquema Tático do Flamengo

4-5-1

Marcelo Lomba; Léo Moura, Jean, David e Juan; Maldonado (Diogo), Willians (Val Baiano), Kleberson, Renato Abreu (Petkovic) e Correa; Deivid. Técnico: Silas

Cartões amarelos

Goiás: Marcão e Júnior

Flamengo: Juan e Maldonado

Cartão vermelho

Goiás: Rafael Moura

Árbitro

Paulo César Oliveira (SP)

Local

Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Fonte: Terra, www.terra.com.br