Flamengo bate Criciúma com gol olímpico, vence primeira no Campeonato Brasileiro e alivia crise

Flamengo bate Criciúma com gol olímpico, vence primeira no Campeonato Brasileiro e alivia crise

A vitória, facilitada pelo fato da equipe da casa jogar com um a menos desde os 16 minutos do primeiro tempo, deixa o time carioca na 13ª posição.

O Flamengo conquistou finalmente sua primeira vitória neste Campeonato Brasileiro. Comandado pelo interino Jaime de Almeida e com uma escalação modificada, o rubro-negro venceu o Criciúma por 3 a 0 neste sábado, no estádio Heriberto Hülse, com direito a gol olímpico de Gabriel. A vitória, facilitada pelo fato da equipe da casa jogar com um a menos desde os 16 minutos do primeiro tempo, deixa o time carioca na 13ª posição, fora da zona de rebaixamento. Os catarinenses seguem no 9º lugar, com seis pontos.

O jogo começou equilibrado, mas a discussão de Fabinho e Elias acabou causando a expulsão do atleta do Criciúma. Depois disso, o Flamengo dominou totalmente. Marcou primeiro com Hernanes, em falha da zaga adversária. Gabriel completou no segundo tempo marcando após rebote do goleiro Bruno e em belo gol olímpico, que demorou para ser validado.

O Flamengo entrou em campo com uma formação surpreendente e inédita, que nem chegou a treinar durante a semana. Samir, revelação da base, ganhou uma chance na zaga. No meio-campo, Diego Silva foi novidade, assim como Paulinho no ataque. Os primeiros cinco minutos, porém, foram de pressão do Criciúma, empurrado pela torcida, explorando principalmente o lado esquerdo do ataque. Aos poucos, o duelo foi ficando mais equilibrado, já que os dois times erravam passes e abusavam dos chutões.

O duelo tinha apenas 16 minutos quando uma confusão deixou o caminho mais fácil para o Flamengo. Fabinho e Elias iniciaram uma discussão, o jogador do Criciúma empurrou o adversário com a cabeça e acabou recebendo o cartão vermelho do árbitro. O volante rubro-negro, que também valorizou a jogada, não recebeu cartão. Com um jogador a mais, o time do interino Jaime de Almeida passou a tocar a bola com mais calma, buscando o melhor momento para atacar.

As boas chances com Carlos Eduardo e Paulinho pararam nas defesas do goleiro Bruno. Aos 36min, porém, ele pouco pode fazer. Elias dominou no meio e lançou Hernane dentro da área. O zagueiro Ewerthon Páscoa se atrapalhou na marcação e o centroavante girou o corpo para finalizar cruzado, abrindo o placar no Heriberto Hulse. Nos minutos finais, Paulinho e Carlos Eduardo assustaram novamente, mas o rubro-negro foi para o vestiário com a vantagem mínima.

O técnico Vadão ainda tentou reorganizar o Criciúma no início do segundo tempo, trocando o atacante Giancarlo pelo meia Daniel Carvalho.A mudança, porém, não teve efeito. Logo aos 7min, Carlos Eduardo deixou para Léo Moura na direita. O lateral chutou cruzado da direita, Bruno espalmou para a área, e Gabriel apenas teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.

Após o gol, o Flamengo passou a tocar a bola, esperando o tempo passar. Com câimbras, Carlos Eduardo deixou o gramado para a entrada de Adryan, Vadão mudou novamente, tirando o lateral Pacheco para a entrada do meia Ivo. Marlon, aos 16min, e Elton, aos 21min, assustaram o goleiro Felipe, mas não conseguiram diminuir a desvantagem no placar.

A vitória já estava garantida, mas o Flamengo ainda marcou mais uma vez. Aos 33min, Gabriel cobrou escanteio da esquerda e o goleiro Bruno só conseguiu defender quando já estava dentro do gol. Após consultar o bandeirinha, o árbitro validou o terceiro do Flamengo, para reclamação dos atletas do Criciúma. Ao final, a torcida rubro-negra fez a festa no estádio do adversário.

http://www.youtube.com/watch?v=kp5N8lBWB0Y

Fonte: UOL