Flamengo busca empate contra o Vasco e segue invicto com Wanderley Luxemburgo: 1 a 1

Flamengo busca empate contra o Vasco e segue invicto com Wanderley Luxemburgo: 1 a 1

Fla busca empate contra Vasco e segue invicto

Em clássico nervoso disputado no Estádio do Engenhão, o Flamengo empatou por 1 a 1 com o Vasco na noite deste domingo e manteve sua invencibilidade sob comando de Vanderlei Luxemburgo em quatro jogos no Campeonato Brasileiro.

Cesinha abriu o placar para a equipe cruzmaltina aos 27min do primeiro tempo, mas Dedé foi expulso aos 19min da etapa final e o time não conseguiu segurar a vantagem. Aos 35min, Renato deixou tudo igual.

Com o resultado, o Vasco chega a 42 pontos e fecha o final de semana na 12ª colocação do torneio nacional, uma à frente do arquirrival, que soma 38. O Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira, quando recebe o Corinthians. Um dia depois, o time do técnico PC gusmão vai ao Barradão encarar o Vitória.

A partida começou em ritmo acelerado, com o Vasco melhor em campo e levando mais perigo. Dedé, de cabeça. e Éder Luis, em chute de fora da área, desperdiçaram as primeiras chances. O Flamengo só chegou aos 17min: Fernando Prass saiu mal, Léo Moura cruzou e Kleberson cabeceou para o gol. Diogo tirou quase em cima da linha.

O lance animou o time rubro-negro, que conseguiu equilibrar a partida e quase marcou aos 21min. Em ataque rápido, a bola chegou para Renato Abreu. O meia acertou belo chute que passou perto do gol de Fernando Prass. Dois minutos depois, o atacante Diego Maurício fez boa jogada e cruzou para Deivid. No entanto, o rubro-negro cabeceou em cima de Cesinha.

Quando o Flamengo vivia seu melhor momento no jogo, o Vasco conseguiu abrir o placar. Aos 27min, Zé Roberto cruzou rasteiro pela direita, Wellinton foi tentar cortar e acertou Juan. A bola bateu no travessão e sobrou para o zagueiro Cesinha finalizar para a rede de Marcelo Lomba.

Após o gol, empurrado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, o Flamengo passou a adiantar a marcação e esboçou uma pressão sobre o Vasco. Já o Vasco começou a explorar os contra-ataques com velocidade e assustava o adversário. Tanto que aos 38min Éder Luis fez fila na zaga flamenguista e só parou quando foi derrubado por David. Na cobrança de falta, Dedé obrigou Marcelo Lomba a fazer grande defesa.

O segundo começou com o Flamengo mais ofensivo com a entrada de Petkovic no lugar de Kléberson. No entanto, quem teve a primeira boa chance de marcar foi o Vasco logo com 4min. Wlllians perdeu bola para Felipe, que chutou por cima do gol de Marcelo Lomba.

O panorama da partida não mudou, com o Vasco mais recuado tentando encaixar os contra-ataques, e o Flamengo com mais domínio da bola, mas sem conseguir criar lances de perigo. Vendo isso, Vanderlei Luxemburgo fez suas últimas alterações: saíram Deivid e Juan para as entradas de Diogo e Marquinhos.

As mudanças surtiram efeito e aos 17min Diogo quase marcou após cruzamento de Diego Maurício. Para melhorar a situação dos rubro-negros, três minutos depois, o zagueiro Dedé fez falta dura em Willians e recebeu o cartão vermelho.

Com um a mais, o Flamengo foi para cima do Vasco, que precisou colocar o zagueiro Jadson e tirou Zé Roberto, deixando a equipe mais defensiva. No entanto, a zaga vascaína conseguia impedir os avanços dos rubro-negros, que rondavam a área, mas não acertavam o gol.

No entanto, de tanto insistir, o Flamengo conseguiu o empate aos 35min. Marquinhos cruzou e o meia Renato Abreu raspou de cabeça para deslocar a bola e enganar Fernando Prass. Nos minutos finais, o Flamengo pressionou o Vasco, mas não conseguiu marcar o gol da virada.

Fonte: Terra, www.terra.com.br