Flamengo está classificado na final da Copa São Paulo

Rubro-Negro leva a melhor nas penalidades e chega à decisão do torneio

O Flamengo é o primeiro finalista da Copa São Paulo de futebol junior. Após empatar neste sábado (22) por 0 a 0 com o Desportivo Brasil no tempo regulamentar, a equipe carioca aproveitou o nervosismo do adversário para fazer 3 a 0 na disputa por pênaltis, no Estádio Nicolau Alayon.

Na próxima terça-feira (25), dia do aniversário da cidade de São Paulo, o Flamengo irá ao Pacaembu para tentar conquistar o seu segundo título na Copinha - foi campeão pela primeira vez em 1990. O oponente será América-MG ou Bahia.

O Desportivo Brasil foi eliminado sem ter perdido um jogo sequer no torneio. O time de Porto Feliz, interior de São Paulo, pertence a um grupo de empresários.

O Desportivo Brasil começou a partida com mais posse de bola, levando perigo ao gol defendido por César. Logo aos 5min, o goleiro do Flamengo fez uma boa defesa em um chute cruzado de Gabriel.

Aos poucos, contudo, os torcedores do Rubro-Negro que estavam no Nicolau Alayon conseguiram contagiar a equipe do Flamengo. Muralha, Negueba e Adryan passaram a se movimentar mais e deram opções ofensivas aos cariocas, que não produziram o suficiente para abrir o placar no primeiro tempo.

Os dois times, no entanto, foram para os vestiários com aparente tranquilidade. O técnico Osmar Loss chegou a declarar que perguntaria aos jogadores do Desportivo Brasil se deveria fazer substituições. Não promoveu nenhuma no início da etapa complementar.

Já o Flamengo não esperou muito para mudar o seu time. Aos 6min do segundo tempo, Rafinha entrou no lugar de Maycon com bastante disposição e levou novamente a equipe rubro-negra ao ataque.

O Desportivo Brasil, que já não tinha a mesma contundência do início do jogo, chamou mais a atenção por causa de um fato inusitado naquele momento. Após sofrer falta dura de Luiz Phillipe, Gladestony ainda foi vítima de uma confusão entre os maqueiros e acabou derrubado no gramado.

Da metade para o final da partida, as duas equipes gastaram as suas últimas fichas na tentativa de alcançar o resultado positivo no tempo normal. O Flamengo contou com Thomas na vaga de Negueba, e o Desportivo Brasil teve Matheus Galdezani, Dwann e Luiz Phellype como substitutos de Gabriel, Júnior e Emerson.

As alterações não adiantaram. O primeiro classificado à decisão da Copinha precisou ser definido nos pênaltis. Nas cobranças, os jovens do Flamengo mostraram mais frieza. Diego Teodoro, Dellatorre e Dwann desperdiçaram pelo Desportivo Brasil. Do lado carioca, Thomas chutou para fora, porém Adryan (bateu mal e contou com a sorte, pois a bola entrou após defesa do goleiro), Anderson e Frauches converteram para o finalista.

Fonte: R7, www.r7.com