Flamengo evita comemorar empate em clássico

Caio Júnior fez questão de ressaltar a atuação dos estreantes

O gol no fim da partida poderia significar um al?vio, mas os jogadores do Flamengo deixaram o Maracan? insatisfeitos com o empate em 2 a 2 com o Fluminense, no ?ltimo domingo. O objetivo era a vit?ria. Para o t?cnico Caio J?nior, o time rubro-negro teve uma grande exibi??o e n?o merecia mesmo sair de campo com a derrota. Mas o resultado apenas minimizou a decep??o.

"Pelo que jogamos, a derrota teria sabor muito ruim, mas nem por isso o empate deixou de ser amargo. O pessoal chegou no vesti?rio lamentando", disse o t?cnico.

O atacante Marcelinho Para?ba, que marcou seu primeiro gol pelo Flamengo, criticou a postura do rival tricolor. "Eles ficaram o tempo todo l? atr?s, se defendendo, e acertaram dois chutes de longe", reiterou.

Caio J?nior fez quest?o de ressaltar a atua??o dos estreantes, em especial Everton, de apenas de 19 anos. "Ele n?o sentiu a responsabilidade e nos deu uma excelente jogada pela esquerda com o Juan. Tamb?m quero salientar a atua??o do Sambueza, que al?m de t?cnica tem ?tima vis?o de jogo. Por isso, conseguimos o gol de empate", analisou.

Mesmo quem n?o foi bem mereceu um afago do comandante. "O Bruno j? nos salvou em v?rias ocasi?es. Est? entre os tr?s melhores do Brasil", definiu.

O goleiro, vaiado pela torcida ap?s a hesita??o no segundo gol tricolor, tentou se defender. "Quando falho, sou o primeiro a admitir, e n?o acho que isso aconteceu nesse jogo. Mas a torcida est? no direito dela", analisou.

A l?bero e rubro-negra Fabi, medalha de ouro com a sele??o brasileira feminina de v?lei em Pequim, esteve no Maracan? e entrou no gramado com os jogadores.

Fonte: Terra, www.terra.com.br