Flamengo perde Williams após sofrer falta dura durante jogo

Flamengo perde Williams após sofrer falta dura durante jogo

Saquarema também deveria arcar com as despesas médicas do volante

Indignado com a arbitragem de Felipe Gomes da Silva na derrota por 2 a 1 para o Boavista, nesta quarta-feira, pela Taça Rio, o Flamengo vai pedir a exclusão do juiz do quadro da Federação de Futebol do Rio. De acordo com o vice-presidente de relações internacionais do clube, Walter Oaquim, o diretor-jurídico Michel Assef Filho será contatado nesta quinta para tomar as providências cabíveis.

Segundo o site do jornal "Extra", o juiz será afastado por, pelo menos, duas semanas para passar por uma reciclagem na Comissão de Ensino da Federação de Futebol do Rio de Janeiro. A principal queixa rubro-negra: a falta dura de Tony sobre Willians ainda no primeiro tempo. O jogador do Boavista foi punido com cartão amarelo, e o volante teve de ser substituído com suspeita de fratura. Após exames, ficou constatada uma torção.

- Vamos pedir a exclusão desse árbitro do quadro da Federação, porque o que ele fez ontem foi criminoso. Grande dolo ao Flamengo. Não estamos nem reclamando do gol de mão, mas da entrada violenta que o Willians sofreu na frente dele e que nada foi feito. Se o Willians tiver que ter qualquer custo médico, vamos cobrar do Boavista e do Tony para que paguem o tratamento.

Oaquim se refere ao segundo gol da equipe da Região dos Lagos. Aos 11 minutos da etapa final, Paulo Rodrigues cobrou escanteio, Sheslon foi puxado por Galhardo e desviou a bola com a mão, enganando Felipe, que espalmou para a rede. O goleiro e o zagueiro David Braz reclamaram muito com o árbitro.

Michel Assef Filho já viu as imagens da partida e diz que cabe representação.

- A arbitragem foi muito mal. Entendo que cabe representação, pois o árbitro perdeu o controle da partida. Por isso aconteceu o que aconteceu. Foi em razão dessa péssima atuação dele - disse Assef Filho.

O diretor-jurídico também disse que aguarda uma posição do TJD/RJ sobre Tony, do Boavista.

- Há uma previsão no CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva) que estabelece que quando um atleta é lesionado, o adversário que o lesionou, se for punido, só pode voltar a jogar quando o Willians, ou seja, o lesionado, começar a treinar com bola. Vou acompanhar a procuradoria para ver o que vão fazer nesse caso ou vou atuar.

Segundo o médico do Flamengo, Márcio Tannure, ainda não é possível dizer qual será o tempo de recuperação de Willians. Ele está em Macaé com a delegação e faz tratamento intensivo. O jogador está fora da partida contra o Duque de Caxias, domingo, também no Norte Fluminense, pela segunda rodada do returno.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com