Fla vence Atlético-MG por 3 a 0, deixa zona de degola e amplia "ressaca" do rival

Fla vence Atlético-MG por 3 a 0, deixa zona de degola e amplia "ressaca" do rival

O Flamengo construiu a vitória ainda no primeiro tempo, com gols de Nixon e Elias

Com dois gols em 13 minutos de partida e outro na etapa final, o Flamengo venceu o Atlético-MG, por 3 a 0, neste domingo, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, interrompeu sequência negativa no Brasileirão e deixou a zona de rebaixamento. Irreconhecível após a conquista da Libertadores, o time mineiro sofreu a terceira derrota seguida e passou a figurar entre os quatro piores da competição.

O Flamengo construiu a vitória ainda no primeiro tempo, com gols de Nixon e Elias. Apático nos primeiros 45 minutos, o Atlético tentou reagir na etapa final, mas o time carioca chegou aos terceiro gol, com Paulinho, e decidiu a partida.

O Flamengo, que não vencia há três jogos, reabilitou-se na competição e aliviou a pressão sobre a equipe comandada por Mano Menezes. O time rubro-negro chegou a 13 pontos, subiu para o 12º lugar e se afastou da zona de degola. O Atlético caiu para a 17ª colocação e entrou para a zona de rebaixamento.

Desde a conquista da Libertadores, em 24 de julho, o Atlético não conseguiu mais jogar e já acumula três derrotas no Brasileirão. Antes havia perdido para o rival Cruzeiro, por 4 a 1, e Atlético-PR, por 2 a 1, que encerrou invencibilidade de 38 jogos no Independência do time mineiro.

Além da queda de rendimento depois da Libertadores, o Atlético sofreu baixas importantes para o jogo deste domingo. Sem contar com Ronaldinho Gaúcho, poupado, Jô, Leandro Donizete, Júnior César, Guilherme e Gilberto Silva, o time comandado por Cuca ficou distante daquele que conquistou o torneio continental.

O Flamengo começou a partida em cima do Atlético e abriu o placar aos 7min. Marcelo Moreno recebeu na direita e cruza rasteiro para a área. A defesa atleticana não corta e Nixon toca para o gol. O time mineiro entrou apático na partida.

Logo em seguida, Marcelo Moreno acusou uma contusão e deixou o jogo para a entrada de Rafinha. O Flamengo manteve o ritmo e chegou ao segundo gol, aos 13min. Elias chuta de fora da área e acerta o canto direito de Victor.

Sem força para reagir, o Atlético chegou pouco ao ataque e sequer finalizou em direção ao gol de Felipe. O Flamengo continuou bem na partida e teve chance para ampliar ainda no primeiro tempo. Aos 33min, Nixon perdeu oportunidade incrível com o Victor batido no lance.

Na saída do intervalo, Réver disse que faltou atitude ao time mineiro. ?É um concorrente direto para a zona de rebaixamento e a gente fica sem vontade de jogar um jogo assim. Vamos ver se no segundo tempo a gente acorda e toma um remedinho ali dentro para ver se melhora?, desabafou o capitão atleticano.

O Atlético voltou melhor no segundo tempo e passou a chegar mais ao gol de Felipe. O Flamengo passou a se segurar na marcação e a explorar os contra-ataques, chegando a levar perigo à meta de Victor.

O time mineiro quase diminuiu aos 25min com Alecsandro, que chutou duas vezes e não conseguiu êxito. Logo em seguida, aos 29min, o Flamengo ampliou em contra-ataque rápido com Paulinho, que recebeu livre, em posição duvidosa, passou por Victor e tocou para o gol vazio. O time rubro-negro administrou a vitória em Brasília.

Fonte: UOL