Flamengo vence Cruzeiro por 2 a 0 no Maracanã e entra para o G-4

Os rubro-negros chegaram a 38 pontos e entraram no G4

Image title


O Flamengo mostrou que vive bom momento no Campeonato Brasileiro e venceu por 2 a 0 o Cruzeiro, nesta quinta-feira, no Maracanã.

Com o resultado, o quinto triunfo seguido, os rubro-negros chegaram a 38 pontos e entraram no G4 da competição nacional. Já os mineiros, perderam a primeira sob o comando do técnico Mano Menezes e permanecem com 28 pontos, somente um acima da zona de rebaixamento.

O Cruzeiro foi melhor no primeiro tempo, mas viu o Flamengo ir para o intervalo a frente no placar com gol de Alan Patrick, quase no fim da etapa. No segundo tempo, os rubro-negros chegaram ao segundo, em belo chute de Luiz Antônio.Na próxima rodada, o Flamengo terá pela frente a Chapecoense, no domingo, no interior catarinense. No mesmo dia, o Cruzeiro vai disputar o clássico contra o Atlético-MG, no Mineirão.

O JOGO

Empurrado pela torcida, o Flamengo começou a partida buscando impor uma pressão sobre o Cruzeiro. Os rubro-negros tiveram as primeiras finalizações, com Samir e Luiz Antônio, mas sem perigo ao gol de Fábio.

No entanto, os mineiros aproveitavam os espaços dados pelos cariocas para avançar nos contra-ataques. Tanto que a primeira real chance de gol foi da equipe mineira, aos 13 minutos. Após escanteio, Paulo André cabeceou e viu Paulo Victor salvar os donos da casa em grande defesa. O lance animou o Cruzeiro, que melhorou na partida e passou e ter o controle da bola.

Os mineiros criaram nova oportunidade de marcar aos 27 minutos. Em cobrança de falta, Willians apareceu livre na área, dominou, mas chutou em cima de Wallace. O Flamengo era pouco efetivo no setor ofensivo e não chegava próximo ao gol cruzeirense.Na parte final, o panorama não mudou, com os mineiros melhores.

No entanto, em um avanço rápido, quem abriu o placar foi o Flamengo, aos 45 minutos. Alan Patrick tabelou com Kayke e finalizou sem chance para Fábio e colocar os rubro-negros a frente no intervalo. No segundo tempo, o Cruzeiro veio mais disposto a buscar o ataque para tentar o empate. Os visitantes chegaram com perigo aos três minutos. Mesmo sem ângulo, Willian tentou a finalização em vez do cruzamento, mas Paulo Victor estava atento para fazer a defesa.

O Flamengo voltou mais preocupado com a marcação, principalmente impedindo as jogadas de velocidade do adversário.Com o passar do tempo, o Flamengo impediu a criação de jogadas por parte do Cruzeiro. Com isso, o duelo ficou concentrado no meio, em ritmo lento. Os rubro-negros iam pouco ao ataque e viam seu adversário errar muitos passes no setor ofensivo.Aos poucos, os rubro-negros se aventuraram ao ataque e não demorou muito para ampliar o marcador no Maracanã.

Aos 23 minutos, após cobrança de escanteio, a zaga do Cruzeiro cortou para frente da área, mas Luiz Antônio acertou belo chute de primeira no ângulo de Fábio.Após o revés, o Cruzeiro se lançou ao ataque, mas sem qualquer organização. Com isso, o Flamengo aproveitou para avançar nos contra-ataques e era mais perigoso. Nos minutos finais, o atacante Kayke obrigou Fábio a fazer grande defesa. Os donos da casa se deram ao direito de tocar a bola e ouvir a torcida gritar “olé” antes do apito final.

FICHA TÉCNICAFLAMENGO 2 X 0 CRUZEIRO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 10 de setembro de 2015 (quinta-feira)

Horário: 21h (de Brasília)

Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (CBF-SP)

Assistentes: Vicente Romano Neto (ESP-SP) e Herman Brumel Vani (CBF-SP)

Cartões amarelos: Cesar Martins, Alan Patrick e Paulinho (Flamengo); Ceará, Henrique e Manoel (Cruzeiro)

GOLS-FLAMENGO: Alan Patrick, aos 45min do primeiro tempo; Luiz Antônio, aos 23min do segundo tempo

FLAMENGO: Paulo Victor, Pará, Samir, Wallace (Cesar Martins) e Jorge; Jonas, Luiz Antonio e Alan Patrick; Emerson (Marcelo Cirino), Paulinho (Jajá) e KaykeTécnico: Oswaldo de Oliveira

CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Manoel, Paulo André e Pará; Willians, Henrique e Cabral (Marcus Vinícius); Allano (Marquinhos), Willian e Vinícius Araújo (De Arrascaeta)Técnico: Mano Menezes


Image title

Image title

Fonte: Terra