Flamengo vence nos pênaltis e está na final da Taça Guanabara

Flamengo vence nos pênaltis e está na final da Taça Guanabara

O Flamengo eliminou o Botafogo com uma vitória por 3 a 1 nos pênaltis

O Flamengo garantiu neste domingo sua vaga para a final da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. Jogando no Estádio do Engenhão, o time de Ronaldinho, Thiago Neves, Diego Maurício e companhia eliminou o Botafogo com uma vitória por 3 a 1 nos pênaltis, após empate em 1 a 1 entre as duas equipes no tempo regulamentar.

A partida foi marcada pelas atuações destacadas dos dois goleiros: Jéfferson, que fez uma grande partida no tempo regulamentar, e Felipe, que defendeu dois pênaltis na série decisiva. No fim, melhor para o rubro-negro, que classificou sua equipe e eliminou o rival.

Além de avançar à decisão, o Flamengo se manteve invicto em jogos oficiais no ano: em nove jogos, foram oito vitórias (sete pelo Carioca e uma pela Copa do Brasil) e um empate. Classificado e dono da melhor campanha no Estadual, o time decide o título do turno contra o surpreendente Boavista, que eliminou o Fluminense na véspera também nos pênaltis. O confronto acontece no próximo domingo, às 16h (de Brasília).

Em meio a sua excelente fase, o Flamengo não demorou para abrir o placar neste domingo: aos 14min do primeiro tempo, após escanteio cobrado pela direita do ataque, o zagueiro Ronaldo Angelim apareceu em meio à defesa botafoguense e desviou a bola de cabeça, inaugurando o marcador no Estádio do Engenhão. Festa do torcida rubro-negra, que cantava nas arquibancadas.

Mas apesar de sair na frente, o Flamengo não imprimiu melhor ritmo, e apenas viu o Botafogo tentar - sem sucesso - equilibrar o jogo. Assim, a melhor chance antes do intervalo veio apenas aos 42min, em lançamento de Ronaldinho para Fernando, que o volante cruzou para a cabeçada de Thiago Neves - Jefferson, bem colocado, fez a defesa no ângulo.

Mas sem aproveitar, os rubro-negros permitiram o crescimento do Botafogo no segundo tempo. Logo aos 4min, Alessandro fez lançamento rasteiro para Loco Abreu pelo lado direito; o camisa 13 recebeu em ótima condição e, dentro da área, girou para chutar de direita e empatar a partida. Desta vez, festa alvinegra.

A partir daí, o uruguaio passou a se destacar, principalmente nas jogadas criadas com Renato Cajá e Herrera. Ronaldinho tentou uma resposta aos 22min, chutando cruzado após escanteio cobrado por Thiago Neves, mas Jefferson desviou e evitou o 2 a 1. Em compensação, os comandados de Joel Santana seguiram melhores - em especial, com o chute de Everton aos 31min que passou rente à trave.

O Botafogo ainda reclamou um pênalti de Renato Abreu aos 40min, em toque de braço na bola, enquanto o Flamengo teve chances com Negueba, aos 42min, e Ronaldinho, batendo falta aos 47min - Jefferson salvou ambas. No entanto, as equipes não conseguiram a vitória e levaram a decisão para as penalidades máximas.

Nos pênaltis, porém, o goleiro do Botafogo não conseguiu manter seu brilho e acabou ofuscado por Felipe. O camisa 1 do Flamengo defendeu as cobranças de Éverton e Somália, enquanto os rubro-negros marcaram com Léo Moura, Renato Abreu e Fernando, que colocaram o time na decisão da Taça Guanabara após a batida de Renato Cajá para fora.

Fonte: Terra, www.terra.com.br